Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/01/2007 17:09

Desemprego e renda crescem no País em 2006

O desemprego e a renda cresceram no Brasil em 2006. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 10% em comparação com uma taxa de 9,8% registrada em 2005. Já a renda média dos trabalhadores aumentou 4,3% na mesma base de comparação e chegou a R$ 1.045,75, ante R$ 1.002,66 na média de 2005.

No mês de dezembro, a taxa de desemprego foi a menor desde dezembro de 2005 (8,3%) e ficou em 8,4% em dezembro. Em novembro de 2006, a taxa havia sido de 9,5%. O resultado de dezembro veio dentro do intervalo previsto pelos analistas consultados pelo AE Projeções (8,3% a 8,8%), com mediana de 8,5%. Em dezembro, o rendimento médio real ficou em R$ 1.072,30, com aumento de 0,6% ante novembro e de 4,5% ante dezembro de 2005.

Ainda de 2006, ante o ano anterior, o número de ocupados nas seis regiões aumentou em média 2,3%, mas o número de pessoas desocupadas (sem trabalho e procurando emprego) aumentou mais no período (4,0%).

Governo Lula

Os dados do IBGE mostram ainda que o número de empregados com carteira assinada cresceu 13,3% no primeiro mandato do governo Lula. Neste período, a população ocupada nas seis regiões aumentou 8,6%. Nos quatro anos do governo Lula, a taxa de desemprego média apurada anualmente no período passou de 12,3% em 2003 para 11,5% em 2004, decrescendo para uma taxa de 9,8% em 2005 e passando para 10,0% em 2006.

Ainda entre 2003 e 2006, o rendimento médio real dos trabalhadores acumulou aumento de 5,6% e o rendimento domiciliar per capita aumentou 10,7%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)