Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/05/2005 12:46

Desdobramentos da Operação Hidra devem durar um ano

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Devem durar pelo menos um ano os desdobramentos da Operação Hidra, que combate a movimentação de mercadorias contrabandeadas do Paraguai e já detectou prejuízo mensal aos cofres públicos de R$ 30 milhões. A informação, segundo a Radiobras, é do chefe da Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá, responsável por repassar as informações sobre a operação para a imprensa, Celso Secolo.
Em três dias foram presas 68 pessoas, das quais 27 em Mato Grosso do Sul. As investigações da operação Hidra tiveram início em junho do ano passado, com o objetivo identificar os verdadeiros comandantes do contrabando a partir da fronteira do Brasil com o Paraguai, em especial nos estados de Mato Grosso do Sul e Paraná. Só no Paraná estão detidos em poder da polícia, 32 veículos, entre caminhões e carretas, pertencentes à quadrilha. No Mato Grosso do Sul foram apreendidos 78 caminhões.
O comando das ações criminosas era de José Doniseth Balan, preso no Mato Grosso do Sul, citado na CPI da Pirataria e já tinha sido investigado durante a Operação Nicotina, realizada em novembro de 2002. O grupo era especializado na compra, venda e transporte de mercadorias contrabandeadas de altíssima qualidade e bom valor de mercado, como eletroeletrônicos, equipamentos de informática, cigarros, materiais e equipamentos médicos e odontológicos, agrotóxicos, medicamentos, compostos farmacêuticos e pneus.
Os acusados serão indiciados pela prática de crimes como contrabando e descaminho; quadrilha; estelionato, corrupção ativa, corrupção passiva, facilitação de contrabando e ou descaminho, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)