Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/10/2008 17:01

Derrotado nas urnas em Cuiabá critica regra da reeleição

Luana Lourenço/ABr

Cuiabá - O candidato do PR à prefeitura de Cuiabá, Mauro Mendes, atribuiu parte da culpa pela derrota nas urnas para o tucano Wilson Santos ao que chamou de “instituto da reeleição”. Na opinião de Mendes, a regra eleitoral que permite a recondução ao cargo deixa os opositores em posição desfavorável.

“O instituto da reeleição cria condições extremamente desiguais para quem está no poder e para quem não está. Até o ministro Ayres Britto [presidente do Tribunal Superior Eleitoral] tem dito isso”, afirmou hoje (27), em entrevista coletiva.

Com o resultados do segundo turno, 95% dos prefeitos de capitais que disputaram as eleições foram reeleitos.

Mauro Mendes reconhheceu que a falta de experiência política pode ter contribuído para a diferença nas urnas. “Para ter o voto, primeiro você precisa ser conhecido pelas pessoas. Não dá para desconsiderar esse fator”, afirmou. No entanto, Mendes ressaltou que iniciou a campanha com menos de 1% das intenções de voto e chegou a 114 mil votos ontem (26).

Afilhado político do governador do estado, Blairo Maggi, Mendes disse que, por enquanto, não tem pretensões para 2010 e adiantou que não tem “perfil nem interesse” em cargos no Legislativo. “Sempre tive perfil mais voltado para o Executivo, para a área do fazer, mais do que simplesmente legislar ou fiscalizar, como geralmente cabe ao Legislativo”, comentou.

Mendes disse que tentou telefonar para o prefeito reeleito, mas não conseguiu. Ele adiantou que vai parabenizar o tucano pela vitória e desejar que a gestão dos próximos quatro anos “seja profícua, já que foi a escolha da população”.

Questionado sobre possíveis recursos judiciais sobre o resultado das eleições em Cuiabá, por causa das denúncias de compra de votos, Mendes afirmou que “encerrou” sua participação no pleito e que a assessoria jurídica do PR acompanhará possíveis repercussões.

O empresário reassume ainda hoje a presidência da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), cargo que deixou temporariamente para concorrer à prefeitura.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)