Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/02/2015 12:37

Deputados tomam posse e foi eleita a mesa diretora

Caroline Maldonado e Kleber Clajus
Júnior Mochi disse que momento é de amadurecimento e parlamentares têm que superar descrédito da população (Foto: Alcides Neto)Júnior Mochi disse que momento é de amadurecimento e parlamentares têm que superar descrédito da população (Foto: Alcides Neto)

Após a posse dos deputados estaduais na manhã deste domingo (1º), os parlamentares elegeram Júnior Mochi (PMDB) para comandar a mesa diretora. Ficaram definidos ainda os líderes do Governador Reinado Azambuja (PSDB) na assembleia e de oposição, sendo, respectivamente, Rinaldo Modesto (PDB) e Pedro Kemp (PT).

Para 1º vice presidente foi eleito Onevan de Matos (PMDB), como 2ª vice presidente ficou Grazielli Machado (PR) e 3ª vice presidente é Mara Caseiro (PT do B). Zé Teixeira (DEM) é o 1ª secretário, Cabo Almi (PT) o 2º secretário e Felipe Orro (PDT) foi eleito como 3º secretário.

Ao se pronunciar, Mochi falou de sua trajetória política, iniciada em Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande e disse que o momento é de amadurecimento. “É necessário hoje, nós superarmos o descrédito que a população tem em relação a classe política”, disse, ao convocar a população a participar não só dos protestos de rua, mas também fiscalizar as ações dentro da assembleia legislativa.

O líder da oposição, Pedro Kemp, garantiu que mesmo sendo o PT (Partido dos Trabalhadores) o único se posicionando contra, seu papel será garantir transparência na aplicação dos recursos. “Não temos que agradar financiadores de campanha, mas ter respeito por quem paga nosso salário: o povo. Temos que ser a casa da cidadania. Faremos oposição não ao Estado, mas para fiscalizar as ações dele”, declarou.

O líder do governador, por sua vez, citou a crise de água no Sudeste, o aumento de impostos sobre os combustíveis e a segurança na fronteira para discursar sobre a “insegurança” da população com os políticos e destacou as primeiras ações do governador.

“É o momento de reverter essa insegurança que as pessoas tem com a classe política. Ao chamar os prefeitos para participar da “divisão de tarefas” no Estado, o Reinaldo já coloca em prática suas promessas de campanha. É preciso aos legisladores que assumem hoje identificar e traduzir em ações as necessidades da população”, disse Rinaldo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)