Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/10/2016 15:00

Deputados pedem mudanças na área de saúde e na carreira médica

Agência Câmara

Durante sessão solene em homenagem ao Dia do Médico (18 de outubro), deputados criticaram o atual sistema de saúde e pediram mudanças em vários setores.

Autor do requerimento para a homenagem, Izalci (PSDB-DF) defendeu a criação de carreira de Estado para esses profissionais e criticou o programa Mais Médicos.

Segundo ele, o programa “financia a ditadura cubana". O deputado criticou ainda o atendimento, pela rede pública, à população do Distrito Federal

Hiran Gonçalves (PR-RR), que é oftalmologista, apontou a necessidade de debater o Sistema Único de Saúde (SUS). “O SUS não é igual para todos, não dá para fazer medicina como está previsto na Constituição, o dinheiro não é suficiente.”

O deputado criticou proposta de formação de peritos em áreas da saúde, como fisioterapia, terapia ocupacional e psicologia, que, segundo ele, são privativas de médicos.

Em mensagem enviada à sessão, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que os médicos se submetem a condições de trabalho estressantes e enfrentam precariedades, como falta de material. “Esses profissionais se dedicam anos na faculdade, fazem residência, em alguns casos trabalham em jornada dupla para compensar os baixos salários, e ainda assim se devotam integralmente aos seus pacientes”, elogiou

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)