Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/11/2004 15:07

Deputados federais querem elevar os salários

Os deputados federais querem "pegar carona" no reajuste de 15% que será concedido aos funcionários do Legislativo para elevar os salários de R$ 12.720 para R$ 14.628 mensais. A atitude dos deputados, entretanto, prejudicou os funcionários, pois a assinatura da portaria que concede o reajuste anual da categoria acabou sendo adiado.

O anúncio do reajuste foi feito em plenário, ontem, pelo vice-presidente da Câmara, deputado Inocêncio Oliveira (PFL-PE), que pegou a informação em uma nota no site da Casa. Logo que o deputado pernambucano anunciou a informação do reajuste, a nota foi tirada do site. Isso porque João Paulo Cunha (PT-SP), presidente da Câmara, ainda não havia assinado a portaria.

O primeiro parlamentar a manifestar seu desejo de incorporar o reajuste dado aos servidores foi o segundo-secretário da Mesa, deputado Severino Cavalcanti (PP-PE). A proposta de Cavalcanti provocou mal-estar entre vários parlamentares. O momento, na opinião da maioria, não é de se falar de reajustes, mas sim na retomada dos trabalhos da Câmara.

Os deputados votaram menos de 10 matérias nos últimos quatro meses. A obstrução da oposição e as eleições foram os motivos para a falta de votação. A Presidência da Câmara teme agora que, com a proposta de incorporação do reajuste dos servidores pelos parlamentares, haja mais um motivo para que o debate seja desviado, deixando votações importantes paradas.

A Câmara tem hoje 21 medidas provisórias trancando a pauta e até segunda-feira esse número subirá para 23. Um jantar está marcado para a noite de segunda-feira na casa de João Paulo Cunha. Esse será o momento em que os representantes do chamado "baixo clero" da Câmara – deputados que não ocupam cargos de liderança nem chefiam comissões-– vão apresentar oficialmente a reivindicação para o reajuste conjunto.

Folha On line

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)