Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

04/01/2008 14:53

Deputados de MS gastam R$ 1,3 mi com verba extra

Os deputados federais de Mato Grosso do Sul gastaram R$ 1.359.612,72 durante 2007 com verbas indenizatórias. Vander Loubet (PT) e Geraldo Resende (PMDB) lideram os gastos em 2007. O petista atingiu o limite anual de R$ 180 mil e o peemedebista gastou R$ 179.992,02.

O benefício, instituído em 2001, se refere aos recursos extra-salários destinados ao ressarcimento de gastos com aluguel, combustíveis, locomoção, contratação de consultorias, entre outras despesas relacionadas ao exercício do mandato. Cada parlamentar tem direito a R$ 15 mil por mês, cumulativos dentro de cada semestre, ou seja, o deputado pode pedir o reembolso de até R$ 90 mil por semestre.

Mesmo em janeiro de 2007, quando não houve sessão deliberativa na Câmara, devido ao recesso parlamentar, sete deputados sul-mato-grossenses foram ressarcidos em R$ 89.098,21. São eles: Antônio Carlos Biffi (PT), Antônio Cruz (PP), Resende (à época do PPS), Nelson Trad (PMDB), Vander, Waldemir Moka (PMDB) e Pedro Pedrossian Filho (PMDB), que assumiu a vaga deixada pela eleição do até então deputado federal Murilo Zauith (DEM) a vice-governador.

Pepe, como é conhecido, foi deputado somente no mês de janeiro até dia dois de fevereiro, quando iniciou outra legislatura.

Na conta de janeiro de 2007 não entram os novatos Dagoberto Nogueira Filho (PDT) e Waldir Neves (PSDB), já que estão em primeiro mandato de deputado federal e tomaram posse em fevereiro.

Com exceção de Pedrossian Filho, Antônio Cruz foi o parlamentar sul-mato-grossense que menos gastou em 2007, R$ R$ 139.144,26.



Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)