Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/02/2005 08:12

Deputados aprovam pedido de CPI

Glaucia Jandre

Na sessão desta quarta-feira, na Assembléia Legislativa, o deputado estadual Maurício Picarelli (sem partido) encaminhou à Mesa Diretora a proposta de criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar as causas do elevado índice de desnutrição e mortalidade indígena nas aldeias de Mato Grosso do Sul, bem como a correta utilização de verbas destinadas pelos governos federal e estadual, para combater esses problemas. "É uma vergonha nacional para o nosso estado que hoje, na era da tecnologia, existam crianças em aldeias sul-matogrossenses, sofrendo e morrendo de desnutrição. Precisamos investigar a situação e apurar os responsáveis e assim encaminhar o relatório para o Ministério Público Estadual, Federal e para o Ministério de Justiça Federal", explicou.

Vários deputados demonstraram o apoio incondicional a iniciativa de Picarelli. A deputada Bella Barros (PDT) disse que as aldeias de Dourados já são consideradas bairros da cidade. "É preciso convocar os deputados federais para iniciarmos uma mudança na vida dos indígenas com uma nova legislação. Não adianta considerarmos que uma cesta básica possa resolver todos os problemas dos índios". Já o líder do Governo na Assembléia, deputado Pedro Kemp (PT), salientou que é muito oportuna a criação da Comissão para poder levantar um debate sobre os problemas que envolvem a vida indígena, como o alcoolismo, o suicídio e a desnutrição. Celina Jallad, líder do PMDB, também parabenizou a iniciativa. "Acredito que Mato Grosso do Sul vai poder demonstrar a todo país o que a Funai vem fazendo pelos índios de nosso estado, vamos procurar e apurar os responsáveis por esta situação que comoveu o país", finalizou.

No final da sessão o deputado encaminhou o pedido da CPI para a Mesa Diretora com assinatura de 21 deputados que aprovam o pedido. O próximo passo agora é aguardar que o Presidente da Casa, deputado Londres Machado (PL), instale a CPI no prazo de 90 dias, período este que pode ser prorrogado. Agora os partidos devem fazer a indicação dos integrantes da Comissão

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)