Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/06/2004 19:28

Deputados aprovam em 1º turno projeto de eleição do MPE

Marina Miranda e Fabiana Silvestre / Campo Grande News

Os deputados estaduais aprovaram hoje em sessão na Assembléia Legislativa, em Campo Grande, a aprovação da emenda constitucional que prevê que promotores de justiça com mais de 10 anos na função possam concorrer ao cargo máximo dentro do MPE (Ministério Público Estadual), de procurador Geral de Justiça. O projeto foi aprovado em primeira discussão e hoje à tarde, em sessão extraordinária, deve ser votado em segundo turno e, caso aprovado, será levado ao governador para ser sancionado.
Atualmente, somente procuradores de justiça podem concorrer ao cargo de procurador Geral de Justiça.
O presidente da associação do MPE e promotor de justiça, Geraldo Eriberto de Moraes, acompanhou a votação e disse que essa proposta de emenda constitucional democratiza as relações do Ministério Público e do Judiciário. Ressaltou que apenas promotores de justiça com mais de 10 anos de atividade podem concorrer e lembrou que essa forma de eleição acontece em nove estados brasileiros.
Em maio, um grupo de promotores e representantes da Associação Sul-Mato-Grossense do Ministério Público se reuniu com o presidente da Assembléia Legislativa, Londres Machado, para falar da tramitação desse projeto de lei.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)