Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/09/2005 08:30

Deputados analisam possível sucessão de Severino

Agência Câmara

A crise política gerada pelas denúncias do empresário Sebastião Buani contra o presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, continua repercutindo em plenário.
Na sessão de ontem, o deputado Gastão Vieira (PMDB-MA) disse que uma eventual sucessão de Severino ocorreria em condições especiais, razão pela qual o processo de escolha do novo presidente não pode ser igual aos anteriores. "Devemos escolher um presidente independentemente de tamanho de bancada e de influência de partidos. O importante é viabilizar um equilíbrio entre as correntes políticas da Casa", argumentou o deputado.
Para Vieira, o sucessor de Severino deveria ser uma pessoa com aceitação junto à sociedade e capacidade de melhorar a imagem do Poder Legislativo e da classe política.
O deputado Mauro Benevides (PMDB-CE) reforçou essa tese: "A Câmara precisa emergir da crise com uma solução que garanta o resguardo da imagem da própria Casa e de todos os parlamentares", afirmou.

Agenda política
Segundo o vice-líder do governo Beto Albuquerque (PSB-RS), a eventual sucessão não deve se basear em partidos ou em nomes, mas em propostas de trabalho. "Há assuntos de grande interesse do País que devem ser tratados pela Câmara, como o desenvolvimento regional, a proteção da Amazônia e o barateamento do transporte público", destacou.
Na avaliação de Perpétua Almeida (PCdoB-AC), Severino não deveria renunciar ao mandato, pois "o correto seria passar pelo crivo das investigações". De qualquer maneira, segundo ela, é necessário que Severino fale à Nação para esclarecer os seus atos.
Ainda para Perpétua, não se pode esquecer que o empresário Sebastião Buani é "um réu confesso, um pagador de propinas"; e que deveria "ser varrido desta Casa, responder pelas suas ações e ser punido por elas".
O deputado João Fontes (PDT-SE), por sua vez, considerou "lamentáveis" as negociações nos bastidores para escolher o novo presidente da Câmara. Antes de pensar em nomes, segundo ele, é fundamental avaliar a biografia dos candidatos para que o escolhido seja alguém "sem máculas".



Reportagem - João Pitella Junior
Edição - Rejane Oliveira


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)