Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/02/2015 20:10

Deputado tenta na Aneel evitar aumento de 40% da conta de energia em MS

Campo Grande News

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) reuniu-se com o auditor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), José Jurhosa Junior, em Brasília, na tentativa de evitar o aumento de 35% a 40% da conta de energia no Estado.

“O auditor me ouviu e, diante das justificativas, que ele julgou pertinente, vai marcar uma reunião com o diretor-geral da Aneel e com o auditor André Peppitone, relator do processo de reajuste, previsto para vigorar a partir de 8 de abril no Estado”, afirmou Marquinhos.

O deputado disse ao auditor que recebeu informação do diretor da Aneel, Tiago Correia, que a conta bilionária do setor elétrico deste ano, que será repassada para os consumidores, será “significativamente” menor que a prevista.

De acordo com cálculos preliminares da própria agência, o consumidor teria de custear R$ 23 bilhões para cobrir até os programas sociais. No entanto, segundo o diretor, novo cálculo foi feito e apontou a redução.

Marquinhos também pediu à Aneel para fiscalizar se a Energisa está cumprindo o plano de recuperação. Em Brasília, a empresa levou nota técnica com motivos do pedido de aumento. “Os dados são genéricos, cobramos mais detalhes para poder rebater as informações e evitar tarifaço”, reforçou.

Além disso, o deputado informou sobre a energia no Estado cai mais que o permitido pela agência e redução dos call centers. “Com poucos meses de administração, o Grupo Energisa diminui drasticamente o atendimento, aumentando o tempo de espera dos consumidores”, comentou.

A tendência é nacional e já se confirmou em alguns estados. As empresas Jaguari, Mococa e Sul Paulista, por exemplo, ganharam da Aneel autorização para aumentar a tarifa de energia em média 45,7%, 29,2% e 28,3%, respectivamente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)