Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/05/2009 18:54

Deputado paranaense que se envolveu em acidente renuncia

Lúcia Nórcio, Agência Brasil

Curitiba - O deputado estadual paranaense Fernando Ribas Carli Filho (PSB), que, no último dia 7, se envolveu num acidente em Curitiba em que morreram dois jovens, encaminhou hoje (29) pedido de renúncia ao mandato parlamentar.

O documento foi entregue pelo advogado de Carli Filho, Roberto Brzezinski, ao presidente da Assembleia Legislativa do Paraná , Nelson Justus (DEM). O ex-deputado está internado desde o último dia 10, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Hoje, encerrava-se o prazo para a apresentação da defesa de Carli Filho à Corregedoria-Geral da Assembleia, na sindicância aberta pelo corregedor-geral, deputado Luiz Accorsi (PSDB) e pela Mesa Executiva, no último dia 18 de maio. A corregedoria analisava a possibilidade de abertura de processo de cassação do parlamentar.

O pedido de cassação do deputado foi feito pela família de Gilmar Rafael Yared, um dos dois jovens morto no acidente. O advogado da família protocolou o pedido acusando o deputado de quebra de decoro parlamentar por dirigir com a carteira de motorista suspensa.



Durante as investigações sobre as circunstâncias em que ocorreram o acidente, o resultado de um exame realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba comprovou que Carli Filho estava embriagado no momento da colisão. O carro do deputado chocou-se contra o carro em que estavam Rafael Yared, de 26 anos, e o colega, Carlos Murilo de Almeida, de 20 anos. Os dois morreram na hora.


No documento encaminhado ao presidente da Assembleia, Carli Filho afirma que renuncia ao mandato "que o povo paranaense lhe outorgou nas eleições de 2006". E diz que o destino reservou-lhe a trágica surpresa de se envolver “sem minha vontade direta ou indireta, no acidente que causou a morte de duas pessoas, jovens como eu”. O deputado tem 26 anos.


Carli Filho transmite, no texto, aos parentes e amigos dos jovens, sentimentos de solidariedade espiritual e diz que aguardará o processo e o julgamento "sem prerrogativas funcionais ou privilégios de qualquer ordem para receber, como cidadão comum, a sentença que as circunstâncias do fato e a sensibilidade da Justiça determinarem”.

Segundo a assessoria da Assembleia Legislativa, o presidente Nelson Justus vai ler o documento de renúncia na sessão plenária de segunda-feira (1º) e, na sequência, convocará o suplente de Carli Filho para assumir o mandato de deputado estadual, que vai até 31 de janeiro de 2011.






Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)