Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/05/2006 21:45

Deputado João Mendes demite funcionário preso pela PF

Iolando Lourenço/ABr

O deputado João Mendes de Jesus (PSB-RJ) exonerou hoje (4) o funcionário do seu gabinete que foi preso no próprio gabinete parlamentar pela Polícia Federal na operação "sanguessuga". "Determinei a imediata exoneração do servidor, com o propósito de demonstrar à sociedade que não compactuo e nunca compactuei com atos e ações ilegais", disse o deputado. "Afirmo que jamais participei das negociações em apuração e sequer autorizei, a quem quer seja, a fazê-lo em meu nome".

O deputado informou à imprensa que seu ex-funcionário foi contratado por ele em 2003, no inicio do seu primeiro mandato parlamentar. A contratação, segundo ele, foi feita em razão da experiência do profissional, que trabalhava há quinze anos na Câmara como assessor parlamentar e, também, ocorreu por indicação. O parlamentar não informou quem fez a indicação do funcionário, mas lembrou que ele havia trabalhado antes com vários deputados.

Segundo João Mendes, o depósito em investigação foi feito na conta bancária do funcionário em 2002, "antes de eu assumir meu mandato em 2003".O deputado anunciou que vai encaminhar ao Ministério Público seus sigilos e as declarações de renda para que o MP possa fazer todas as investigações necessárias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)