Cassilândia, Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

Últimas Notícias

06/09/2005 14:20

Deputado explica, em nota, dinheiro que recebeu

Priscilla Mazenotti / ABr

O deputado José Mentor (PT-SP), em nota divulgada à imprensa pouco antes de depor na Polícia Federal, negou que tivesse recebido qualquer tipo de pagamento para votar a favor do governo ou que tivesse beneficiado o empresário Marcos Valério. Afirmou também que não sacou dinheiro de nenhuma agência do Banco Rural. O deputado recebeu, por intermédio de seu escritório de advocacia, R$ 120 mil da empresa 2S Participações, que pertence a Marcos Valério.

De acordo com a nota, os R$ 120 mil recebidos por seu escritório de advocacia são "referentes a serviços jurídicos prestados para o Dr. Rogério Tolentino", advogado e sócio de Marcos Valério. Os pagamentos foram feitos em duas parcelas de R$ 60 mil. O deputado negou que tivesse tratado de assuntos do Banco Rural e da Comissão Parlamentar de Inquérito com Marcos Valério.

Na nota, afirmou também que não protegeu o Banco Rural. Ele foi o relator da CPI do Banestado que investigou a evasão de divisas e remessas de dinheiro para o exterior, tendo o Banco Rural como uma das instituições investigadas.

Segundo ele, o Banco Rural não foi tratado como prioridade pelos próprios membros da CPI. "Nos últimos 15 meses de trabalho, em 26 sessões, o banco foi mencionado apenas quatro vezes", afirmou no texto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 27 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
06:20
Copa do Brasil
06:11
Loteria
Quarta, 26 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)