Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/11/2008 17:25

Deputado cria site para ressarcimento da Enersul

Fabiana Silvestre - assessoria

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) apresentou projeto de lei, durante a sessão ordinária desta terça-feira (25/11), que obriga os shoppings, centros comerciais com pelo menos 65 lojas e supermercados de grande porte (com mais de 10 mil metros quadrados de área construída), a disponibilizarem espaço para a implantação de postos de atendimento da Superintendência de Proteção do Consumidor (Procon).

O espaço poderá ser oferecido por meio de quiosques, "desde que haja condições adequadas para atendimento ao público".

"Nosso objetivo é facilitar a vida do consumidor, a parte mais frágil das relações de consumo, que hoje precisa se deslocar até a Superintendência do Procon para fazer uma queixa", disse Marquinhos.

De acordo com o projeto de lei, serão atendidos nos postos apenas os conflitos e questionamentos oriundos de relações de consumo ocorridas naquele local, o que poderá ser comprovado pelo consumidor com apresentação da nota fiscal ou documento similar.

Os estabelecimentos que descumprirem a determinação estarão sujeitos à multa de 500 uferms por mês ou fração de mês de atraso.

ENERGIA - O deputado Marquinhos também ocupou hoje a tribuna da Casa de Leis para falar sobre a criação do site www.contacerta.net, que visa orientar os consumidores de energia elétrica do Estado sobre os valores a que têm direito como ressarcimento da Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul (Enersul).

Segundo o deputado, além do site, os usuários podem ligar para o telefone 67 3320-1580 para se informarem sobre o serviço. "Se a pessoa vai ou não atrás do seu direito, é escolha individual, mas todos podem saber exatamente quanto têm direito de receber", afirmou.

Para Marquinhos, as decisões judiciais do Tribunal de Contas da União (TCU) e de magistrados do Estado abrem caminho a novas contestações. "Embora a empresa venha fazendo o ressarcimento parcelado, já há o entendimento, que, acredito, será em breve unânime, de que a devolução deve ser feita à vista e em dobro", ressaltou.

Em decorrência de erro no cálculo da base de remuneração, ocorrido na revisão tarifária de 2003, a Enersul cobrou, indevidamente, R$ 191.242.573 dos 707.543 consumidores de Mato Grosso do Sul.

Após inúmeras discussões, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou a devolução do dinheiro em 12 meses, a começar em abril deste ano, por meio de desconto de aproximadamente 14% na conta de luz. Além disso, ficou estabelecida redução de 4% para readequar o preço cobrado pela concessionária. As medidas totalizam redução de 18,93% na tarifa de energia cobrada pela concessionária em 73 municípios do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)