Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2004 14:32

Depressão entre idosos pode chegar a 25%

Juliana Andrade/ABr

Enquanto nos países desenvolvidos a depressão atinge cerca de 15% da população idosa, a incidência da doença entre os idosos nos países em desenvolvimento, como o Brasil, pode chegar a chegar a 25%. O alerta é do psiquiatra Alberto Stoppe Júnior, coordenador do projeto Terceira Idade (Proter), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Nesta segunda-feira, Dia Nacional do Idoso, o especialista em psiquiatria geriátrica lança o livro “Depressão em Idosos: Guia para Diagnóstico e Conduta”.

O coordenador ressalta que, quanto maior a qualidade de vida do idoso, menores são as chances de ele vir a apresentar sintomas de depressão. “A vida dos idosos em países em desenvolvimento, em resumo, é mais difícil: menos dinheiro, piores condições de vida. Então, provavelmente, têm mais chances de ter um quadro depressivo do que os de países de primeiro mundo”, compara.

Segundo Alberto Stoppe, a idéia é que a publicação ajude os médicos a detectarem a doença, freqüentemente ligada ao próprio processo degenerativo cerebral. De acordo com o psiquiatra, muitos profissionais têm dificuldades para detectar a depressão, que ainda é vista como conseqüência natural da idade. “Muitas vezes acham que é normal um paciente idoso estar deprimido e, por isso, não se faz um diagnóstico”.

O psiquiatra destaca o papel fundamental da família tanto na hora de detectar os sintomas da doença como no momento de incentivar a busca pelo tratamento. Segundo ele, entre os principais sinais externos da depressão estão a falta de disposição, tristeza, perda de entusiasmo, desinteresse, irritabilidade, além de alterações de sono e de apetite. “A pessoa deprimida dificilmente procura sozinha o tratamento”, observa.

Esses sintomas, salienta Stoppe, devem ser vistos como sinais de uma doença que pode se agravar, provocando perda de qualidade de vida e aumento do risco de morte. “A família e os amigos têm de ajudar a detectar a depressão e não achar que é normal o idoso que fica quietinho, sem falar com ninguém. Também devem ajudar durante o tratamento, levando-o às consultas, lembrando-o do remédio e, para aqueles que pensam em desistir do tratamento, dando uma força para continuarem “, aconselha.

Mas, segundo o psiquiatra, as chances de os maiores de 60 anos terem depressão podem ser reduzidas se forem afastados alguns fatores de risco, como a falta de atividade física e de ocupação. Ele cita o exemplo de uma pessoa que só viveu em função do trabalho e teve de se aposentar. “Essa perda é muito mais importante do que para aquelas pessoas que tinham um monte de outras coisas que gostava de fazer", avalia.

A depressão é dividida em três tipos: leve, moderada e grave. Segundo Alberto Stoppe, nos dois últimos casos, o tratamento da doença deve combinar o uso de antidepressivos e psicoterapia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)