Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/02/2016 08:00

Depósito recursal feito por um, pode ser aproveitado pelo condenado subsidiário

TRT 12ª Região

Para os ministros da 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o depósito recursal feito pelo devedor principal pode ser aproveitado pelo que foi condenado de forma subsidiária, quando a discussão daquele não se refere à sua exclusão do processo. Na decisão foram aplicados, por analogia, os efeitos do item III, da Súmula 128 do TST, porque os ministros entenderam que foi alcançado o objetivo de garantir o pagamento da dívida.

Diferente seria se a empresa que fez o depósito pedisse sua exclusão do processo. Neste caso, com o julgamento a seu favor e com a devolução do depósito, não existiria mais a garantia do pagamento da dívida. Também não é possível o inverso, o depósito feito pelo devedor subsidiário ser aproveitado pelo principal, uma vez que seria cabível ação regressiva.

O TRT-SC havia considerado o recurso deserto, por não ter sido feito o depósito das custas dentro do prazo previsto. Os desembargadores da 1ª Câmara avaliaram que a Súmula não poderia ser aplicada porque considera apenas o caso de condenação solidária.

Os ministros determinaram o retorno do processo ao TRT-SC para julgamento do recurso ordinário.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social - TRT-SC

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)