Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/01/2005 07:10

Depois de susto, arroba do boi começa a reagir

Afonso Benites/Campo Grande News

O fechamento do frigorífico Margen e a suspeita de aftosa no Amazonas e em Mato Grosso do Sul fizeram o preço da arroba do boi despencar. “Depois da tempestade, vem a bonança”. Pelo menos é essa a expectativa dos criadores do Estado.
Em entrevista ao Campo Grande News, o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, acredita que o mercado começou a reagir. Em meados de 2004 o preço da arroba girava em torno de R$ 60. Pro fim do ano a cotação começou a baixar e chegou aos R$ 52. Hoje, está em R$ 55, conforme a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). “Agora a gente pode sentir que está acontecendo um aquecimento no mercado”, comenta Laucídio.
A possibilidade de fechamento de 21 unidades do Margen assustou o mercado. Com isso, o a oferta passou a ser maior que a procura, o que ajudou a derrubar o valor do gado. Para o secretário estadual de Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira Filho, o pior momento já passou. “Agora acho que os produtores podem se acalmar um pouco. Tenho certeza que o preço já começa a reagir”, pondera.
Outro aspecto que influenciou na queda do preço, conforme Laucídio, foi a quantidade de vacas no mercado. “Nos últimos meses aumentou muito a oferta de fêmeas no mercado, aliado a possibilidade de fechamento do Margen fizeram o preço cair”, avalia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)