Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/10/2005 09:37

Depois de cair 13%, valor da arroba reage 4%

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Depois de despencar 13% em quatro dias, o valor da arroba já reagiu 4,4% na (Bolsa de Mercadorias e Futuros), o que mostra que o mercado começa a assimilar melhor o caso de febre aftosa em Eldorado, com as medidas adotas pelo governo para contenção do foco e o acordo com 15 estados que haviam proibido ingresso de carne, liberando o produto processado. Os governos devem editar medidas para operacionalizar esse acordo, fechado em reunião no Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária), em Brasília, na última sexta-feira.
Agora o governo quer negociar a entrada de boi em pé nos outros estados, tanto de animais destinados imediatamente ao abate quanto de bovinos de genética para participarem da segunda edição da Expoinel MS, marcada para novembro em Campo Grande.
Nesta segunda-feira o primeiro negócio fechado na bolsa foi de R$ 56,00 contra o mínimo de R$ 53,60, com que a BM&F abriu. No fim do dia 14 o valor da arroba chegou a R$ 56,70 e neste momentos criadores pedem R$ 55,70 e vendedores R$ 55,95.
A decisão de liberar a entrada de carne processada em Mato Grosso do Sul ocorreu porque os estados entenderam que sem contar com o Estado, maior produtor de carne do País, abatendo 3,6 milhões de animais ao ano, poderia haver desabastecimento no mercado e o produto sofreria alta de preço.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)