Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/02/2012 19:40

Dengue tipo 4 está perto de MS e saúde não está preparada

Campo Grande News/ Fernando da Mata

O vírus tipo quatro da dengue está cada vez mais próximo de Mato Grosso do Sul. Se ele chegar, o estado pode enfrentar uma epidemia grande e o sistema de saúde não dar conta, segundo a titular da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Beatriz Dobashi.

“Estamos circundados pelo vírus quatro. Então, se o vírus quatro entrar aqui e nós tivermos com o índice alto de infestação do Aedes aegypti, vai ter uma epidemia muito grande e os serviços de saúde não vão dar conta”, afirmou Dobashi durante reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite Estadual) com os secretários municipais de saúde, na tarde desta sexta-feira (10).

O tipo quatro da doença foi registrado em todos os estados que fazem divisa com Mato Grosso do Sul (Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná), além da Bolívia, país vizinho. Por isso, a secretária de saúde destacou que Mato Grosso do Sul está ‘cercado’.

Dobashi ressaltou ainda que o órgão atua o ano inteiro na luta contra a dengue, independente de epidemia. Porém, alertou para o fato de várias áreas estarem com índice alto de infestação do mosquito da dengue.

Sobre medidas para conter a entrada do vírus quatro, o coordenador de vetores da SES, Aldecir Dutra, garantiu que todos os municípios fronteiriços têm técnicos atuando para impedir que isso aconteça.

Para o infectologista Rivaldo Venâncio, é questão de dias, semanas ou meses para o tipo quatro chegar em Mato Grosso do Sul. “Não tem como impedir”, lamentou.

Sobre as medidas preventivas adotadas, Venâncio disse que isso ajuda, mas não é 100% eficaz. “É uma doença que a pessoa pode vir com ela encubada de outro lugar. Aí chega no estado sem sentir nada, depois sente febre e depois se diagnostica o vírus. Nesse período, pode haver contaminação, pois um mosquito pode picar a pessoa e espalhar o vírus”, justificou o infectologista.

Casos de dengue - Nas primeiras cinco semanas de 2012, foram registrados 1.473 casos de dengue em Mato Grosso do Sul, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. No mesmo período de 2011, 2.722 pessoas contraíram a doença.

Três Lagoas é o município do estado com a mais alta incidência de casos para cada 100 mil habitantes. O número é de 597,30, de acordo com a SES.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)