Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/04/2008 12:56

Dengue: pulverização de inseticida é inócua, diz médico

Alana Gandra/ABr

Rio de Janeiro - A pulverização de inseticida Malathion, como defende o Centro Brasileiro de Bioaeronáutica (CBB), é inócua para eliminar os focos do Aedes aegipty, mosquito transmissor da dengue, na avaliação do infectologista Edmilson Migowiski, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

“Em termos de saúde pública, sair pulverizando a comunidade é inócuo para controle da epidemia e muito deletério para o meio ambiente. Não vai adiantar", sentenciou.

Para Migowiski, além de não ter efeito residual, esse inseticida não funciona no combate ao Aedes aegipty. Ao contrário da pulverização na agricultura, em que o inseto está no meio da plantação, ao ar livre, o mosquito transmissor da dengue está dentro de casa, na maioria das vezes. “E dentro de casa, a pulverização não pega debaixo da cama, debaixo dos armários, debaixo da pia”, explicou.

Mais interessante, segundo ele, seria uma pulverização dentro das residências, utilizando inseticidas comuns, ou evitando focos dentro das casas e nos quintais: “Eu sou, inclusive, contrário ao uso de Malathion ou outro inseticida em fumacê, porque não pega o mosquito que está dentro da casa da pessoa”.

O infectologista reiterou que “quando se acaba com o foco, acaba-se com o mosquito dentro de casa”. E enfatizou que “o segredo de combate à dengue está no combate ao criadouro, no combate à água parada. Se eliminar a água parada, não tem onde o mosquito proliferar”.

Segundo Migowiski, a pulverização na natureza envolve prejuízos, por eliminar insetos úteis ao ecossistema. “E não vai atingir, ou vai atingir muito pouco o mosquito, porque ele não está na rua – está dentro de casa”. No caso da agricultura, ressalvou, "é diferente e a pulverização contra pragas, como gafanhotos, tem dado bons resultados".



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)