Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/03/2015 17:38

Delegado estranha desagravo da OAB/MS contra policial linha dura

Chapadense News

O delegado titular da delegacia de Polícia de Civil de Chapadão do Sul, Dr. Danilo Mansur, estranhou a decisão da OABMS (Ordem dos Advogados do Brasil) em promover uma mobilização para desagravar o colega, Dr. Cleverson dos Santos, por seu incansável combate ao tráfico de drogas. Segundo ele todos os profissionais que exercem a advocacia no município são respeitados dentro da delegacia no exercício da profissão. “Nunca houve nenhum tipo de intimidação”, garantiu Mansur. Ele também destacou que a OAB expôs negativamente o nome de um excelente policial que agiu na defesa da sociedade, contra o tráfico de drogas no município, e o advogado em questão queria falar com seus clientes, que eram os traficantes.

Na avaliação do delegado “se houve intimidação foi contra a “instituição da Polícia Civil” e não à OAB”. Ele destacou o fato dos representantes terem promovido o desagravo em frente “à nossa casa”, na clara intenção de repressão contra um fato que não teve a participação de nenhum dos policiais presentes. Confirmou a solidariedade com o delegado de Costa Rica, Dr. Cleverson Alves Santos, cuja imagem foi exposta na mídia pela OAB quando arriscava a vida para combater o tráfico de drogas, o mal que assola todas as camadas sociais de Chapadão do Sul.

Já a presença ostensiva de policiais no dia do desagravo coincidiu com a realização de uma operação de combate ao tráfico de drogas em Chapadão do Sul. A ação da OAB foi apenas acompanhada - especialmente - para garantir proteção aos advogados que participaram do ato. O policial destacou ainda que eles foram recebidos com cordialidade, incluindo o oferecimento de café e água.

Como os policiais já estavam preparados para a operação contra o tráfico de drogas portavam armas de todos os calibres. Danilo Mansur reiterou que não teve por parte da polícia intimidar a categoria. Segundo ele os policiais é que foram constrangidos pela presença de dois advogados vindos de Campo Grande até Chapadão do Sul especialmente para desagravar um policial que apenas prendeu traficantes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)