Cassilândia, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

16/10/2007 17:01

Delegado denunciado por favorecer sogra que estava presa

Aline Queiroz/Campo Grande News

Regalias concedidas a uma detenta na Delegacia da Polícia Civil de Nioaque, município distante 171 quilômetros de Campo Grande, levou o MPE (Ministério Público Estadual) a apresentar ação de improbidade administrativa contra o delegado Daniel Rodrigues da Silva. A presa em questão, é sogra do delegado. Conforme a denúncia, enquanto cumpria pena, a sogra do delegado, Neide Alves da Silva Ribeiro, tinha acesso a serviços de cabeleireiro e manicure a qualquer hora, o acesso à cela ficava aberto 24 horas, ela podia usar aparelho celular e tinha “direito” a saída sem autorização judicial.

Investigação do MPE começou a apurar as irregularidades em outubro de 2004. Atualmente, Neide está em liberdade condicional por homicídio, crime que em 2001 ganhou repercussão na cidade. Ela foi acusada de matar o marido para ficar com seguro.

Segundo o advogado que defende o delegado, André Luiz Borges Netto, o MPE sustenta que Silva não era cuidadoso quanto à “fiscalização dos presos” e não de uma mulher especificamente. Na defesa, o advogado irá alegar inocência do delegado e, como argumento principal, apresentará a investigação feita pela Corregedoria da Polícia Civil com objetivo de apurar o mesmo caso que resultou na absolvição do delegado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 16 de Outubro de 2018
Segunda, 15 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)