Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/02/2005 15:30

Delcídio recebe no Senado manifesto contra MP 232

Agência Popular

Representantes da sociedade da região metropolitana de Florianópolis estiveram no Senado, para entregar ao líder do PT, senador Delcídio Amaral, manifesto contra a elevação da carga tributária, prevista pela Medida Provisória 232, editada em 30 de dezembro de 2004.

A medida eleva de 32% para 42% o imposto que incide sobre as atividades prestadoras de serviços tributadas com base no lucro presumido. Esse acréscimo pode representar até 25% sobre a carga tributária de um setor que agrega profissionais autônomos, microempresas, assessorias, consultorias e profissionais liberais, entre outros.

No manifesto, 40 entidades, entre câmaras de lojistas, de comércio varejista, assembléias legislativas, sindicatos do setor da construção civil, associações da área da saúde e federações de diversos setores expressam veementemente o temor diante dessa “ameaça” ao setor produtivo.

Na avaliação dessas entidades, a medida impediria a redução da informalidade no Brasil, que vem perseguindo uma reforma tributária coerente com a criação de novos empregos e geração de riqueza para o País, além de comprometer o crescimento da economia brasileira projetado para 2005.

Estiveram com o senador o diretor do Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva), Paulo Aragão, o presidente da Aemflo (Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis), o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas da Região Metropolitana de Florianópolis, Kissao Álvaro Thaís, o vice-presidente da Aemflo, Odílio Guarezi, e o presidente da FCDL-SC (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina), Sido Gessner Júnior. Veja mais no site www.delcidio.com.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)