Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

06/01/2009 18:49

Delcídio garante mais R$ 33,6 mi a 31 cidades de MS

Cadú Bortolotto, assessoria

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) anunciou nesta terça-feira, 6 de janeiro, que nos últimos dias de dezembro viabilizou junto ao governo federal R$ 33,6 milhões em recursos extra-orçamentários para investimentos em 31 municípios sul-mato-grossenses no decorrer de 2009.
“Estávamos esperando a consolidação dos números para trazer esta boa nova”, revelou o senador em entrevista concedida ao programa Noticidade, da Rede MS de Rádio.”Ao todo, são R$ 28, 8 milhões já empenhados pelos Ministérios do Turismo, Cidade, Integração e Esportes para realizar inúmeras obras, como a cobertura de 30 quadras poli-esportivas em 28 munícipios, pavimentação e drenagem de várias ruas em Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Porto Murtinho, Anastácio e Jardim, e a execução da terceira etapa da Via Morena, em Campo Grande. Outros R$ 4,8 milhões também estão garantidos e vão ser confirmados no decorrer de janeiro. São R$ 4,5 milhões para infra-estrutura em Dourados e R$ 300 mil para o carnaval de Corumbá”, detalhou o senador.
Delcídio disse que o empenho desses recursos “fecha com chave de ouro” um ano em que o governo federal dedicou especial atenção a Mato Grosso do Sul.
“No decorrer de 2008, através de minhas emendas individuais, da gestão junto aos diferentes ministérios em busca de recursos extra-orçamentárias, da articulação com os demais membros da bancada e com o governo do estado conseguimos viabilizar R$ 428 milhões em investimentos federais para o nosso estado, um valor recorde, sem dúvida alguma. Conseguimos contemplar praticamente todos os 78 municípios sul-mato-grossenses, através de uma parceria muito bem articulada com os prefeitos, as câmaras de vereadores, as entidades de classe e o governo do estado, na pessoa do governador André Puccinelli e do secretário de obras, Edson Girotto”, revelou.
O senador destacou que, por causa das dificuldades que o governo do estado e as prefeituras terão para fazer investimentos em 2009, em função da crise financeira internacional, a garantia desses recursos é fundamental para continuar incrementando o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.
“Praticamente todos os prefeitos eleitos e reeleitos que tomaram posse em 1 de janeiro anunciaram cortes nas despesas para equilibrar as contas e garantir a travessia dos próximos meses sem maiores percalços. Tomamos esse mesmo cuidado ao elaborar o Orçamento da União de 2009, que inclusive foi referendado com a sanção do presidente Lula. Os recursos que viabilizamos em 2008 vão permitir ao governo do estado e as prefeituras não só manter mas, seguramente, ampliar as obras e a geração de empregos este ano”, previu Delcídio.

O senador afirmou que em função do calendário eleitoral e da morosidade na tramitação de alguns projetos na Caixa Econômica Federal, a maior parte desses investimentos vai ser concretizada ao longo de 2009.
“Algumas obras já foram iniciadas, como a recuperação do acesso ao Hospital São Julião, em Campo Grande, a pavimentação e drenagem de ruas em Antonio João, Bela Vista, Naviraí, Jardim e Ponta Porã, e a construção de acessos nas BRs 267e 163 em Bataguassu, Maracaju, Dourados e Guia Lopes da Laguna. Mas a grande maioria, como a construção da rodoviária de Pedro Gomes, os balneários Municipais de São Gabriel do Oeste e Jardim, os centros de eventos de Rio Verde e Nova Andradina e as praças de Iguatemi e Sete Quedas vão começar agora. A restauração da BR 262, entre Anastácio e Corumbá, e o anel rodoviário de Corumbá, por exemplo, serão lançadas na semana que vem pelo presidente Lula e só devem estar totalmente concluídas em 2010”, explicou.
Lula e André
Na entrevista ao Noticidade, Delcídio assegurou que o presidente Lula é hoje o principal aliado do governador André Puccinelli.
“Levantamento feito pela minha equipe junto ao SIAFI (Sistema de Administração Financeira do Governo Federal) revela que, ao longo de 2008, o governo empenhou pelo menos R$ 237 milhões para Mato Grosso do Sul. Isso, sem contar os repasses constitucionais obrigatórios feitos para a Saúde e a Educação. Só em dezembro foram R$ 90 milhões para obras em rodovias, saneamento e a construção de uma penitenciária feminina, entre outras. Tem recurso também para habitação, turismo e a agricultura, que vai ser beneficiada com a compra de várias patrulhas mecanizadas. Como ocorre no nosso mandato em relação às prefeituras, o presidente Lula ajuda aos estados independente do partido político ao qual está filiado o governador.Nós sempre colocamos os interesses da população acima das disputas políticas”, ressaltou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 19 de Outubro de 2017
Quarta, 18 de Outubro de 2017
10:40
Goiás, Distrito Federal e São Paulo
10:00
Receita do dia
Terça, 17 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)