Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/12/2004 09:05

Delcídio diz que enfrenta oposição no PT

Inara Silva / Campo Grande News

A disputa pela candidatura ao governo do Estado, em 2006, já está acirrada dentro do Partido dos Trabalhadores. Nesta semana, começou o embate entre o pré-candidato, senador Delcídio do Amaral, e o vice-governador Egon Krakhecke.
O senador reuniu a imprensa em entrevista coletiva neste sábado e anunciou que está disposto a enfrentar o vice-governador para disputar a vaga, com quem já se enfrentou e venceu na escolha para a candidatura ao senado nas últimas eleições. Nesta semana, Delcídio do Amaral recebeu lideranças indígenas acompanhadas de representantes de Egon e do deputado estadual Pedro Kemp.
Eles protestaram contra a retirada da pauta do Senado do projeto que trata da questão indígena. Delcídio disse que o projeto entrou na pauta, mas ainda precisava ser adequado às sugestões das audiências públicas e às propostas do juiz federal Odilon de Oliveira.
O senador disse que errou ao acreditar que o projeto não entraria na pauta neste ano e quando verificou a confusão, pediu para que a proposta fosse retirada da pauta de votação, ficando para 2005. Fato que gerou revolta entre as lideranças indígenas e algumas lideranças do PT. Para o senador, o assunto foi tratado com deselegância por seus colegas de partido, que agiram na surdina.
Ele afirmou que procurou seus colegas, mas não lhe deram oportunidade de explicar o que tinha ocorrido. “Eles tiveram um comportamento não condizente e tentaram fomentar atos públicos contra mim”, afirmou o senador que se reuniu ontem para explicar a situação ao 80 lideranças indígenas do Estado.
Para Delcídio, o que ocorreu foi que tentaram usar o episódio, onde ele admite ter errado, para levá-lo a algum tipo de desgaste. O senador tem a certeza de que o ocorrido está relacionado à disputa para a candidatura ao governo do Estado para 2006.
“Sou companheiro e sou leal. Eu exijo respeito como senador da república e senador do PT”, lamentou o senador ao comentar que ele assume posição moderada até que mecham com sua honra, como o que ocorreu nesta semana.
A briga, conforme Delcídio, não representa um afastamento da bancada estadual. “Política tem que debater propostas e não trabalhar em cima de denúncias”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)