Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/08/2005 07:45

Defesa do Consumidor aprova norma para congelados

Newton Araújo Jr. - Agência Brasil

A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou nesta quarta-feira (10) o Projeto de Lei 4801/05, do deputado Carlos Rodrigues (PL-RJ), que obriga as empresas que produzem alimentos congelados a informarem em suas embalagens o peso e valor do produto imediatamente após o congelamento. O objetivo é evitar que os alimentos sejam vendidos com acréscimo de água, o que os torna mais pesados e mais caros.
De acordo com o projeto, o fabricante ou comerciante que descumprir a determinação ficará sujeito às penas previstas no Código de Defesa do Consumidor: detenção pelo período de três meses a um ano e multa.
Estão previstas ainda as seguintes sanções administrativas:
- apreensão e inutilização do produto;
- cassação do registro da mercadoria junto ao órgão competente;
- proibição de fabricação do produto;
- suspensão de fornecimento do produto;
- suspensão temporária da atividade da empresa;
- revogação de concessão ou permissão de uso;
- cassação de licença do estabelecimento;
- interdição da empresa infratora;
- intervenção administrativa; e
- imposição de contrapropaganda.

Inviável, mas necessário
O relator da matéria, deputado Marcos de Jesus (PL-PE), considerou inviável o dispositivo do projeto que estabelece a fixação do preço do produto ainda na fábrica, lembrando que vários fatores podem contribuir para alterar esse valor, como o frete, a concorrência entre os diversos estabelecimentos comerciais e os impostos locais que incidem sobre o produto. Mesmo assim, ele apresentou parecer favorável porque considera necessária a aprovação de norma específica que proteja o consumidor.
Para Marcos de Jesus, a aprovação do projeto poderá induzir a uma fiscalização mais eficiente por parte do Poder Executivo, o que obrigaria os fornecedores a se adequarem à nova regra.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)