Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/07/2015 11:59

Defensora que atuou em Chapadão do Sul fala sobre violência contra mulher

Notícias MS
Defensora que atuou em Chapadão do Sul fala sobre violência contra mulher

A coordenadora do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, Graziele Carra Dias Ocáriz, divulgou, na manhã desta terça-feira (28), em entrevista ao Jornal do Rádio, transmitido pela Rádio e TV Educativa, a Semana de Combate à Violência Contra a Mulher, em comemoração aos nove anos da Lei Maria da Penha.

Na próxima semana, de 5 a 7 de agosto, será realizado o Fórum de Discussão sobre a Mulher Indígena, Cigana e, ainda, capacitação a respeito do Feminicídio e do Protocolo da ONU (Organização das Nações Unidas), no auditório da Escola Superior da Defensoria Pública, na rua Raul Pires Barbosa, 1519, no Bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

Interessados em participar do evento podem se inscrever pelo email: escolasuperior@defensoria.ms.gov.br ou obter mais informações pelo telefone: (67) 3317-4417.

Caso Dona Cira - A Defensoria Pública, segundo Graziele Carra, vem acompanhando o processo de Cira Gina Cira, que durante 20 anos ficou encarcerada pelo marido, e morreu em abril deste ano vítima de câncer. Ela deixou quatro filhos que, hoje, estão sob a guarda do avô Adão Silva.

De acordo com Graziele, a Defensoria vem exigindo os direitos das crianças e, também, entrou com recurso para cobrar o pagamento de pensão alimentícia que não vinha sendo cumprida. Além disso, a Defensoria ingressou com novo recurso para mudar a condenação inicial. “Consideramos que decisão a Justiça não foi justa”, disse. Ângelo da Guarda Borges foi condenado a 2 anos, 9 meses e 10 dias de prisão no regime aberto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)