Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/12/2013 14:08

Decreto de emergência sobre lagarta em MS deve sair amanhã

Campo Grande News

A Seprotur (Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo) aguarda para amanhã a publicação do decreto de emergência fitossanitária em Mato Grosso do Sul. O pedido ao Ministério da Agricultura foi feito na última sexta-feira, após a confirmação da lagarta Helicoverpa armigera em três municípios: Naviraí, São Gabriel do Oeste e Chapadão do Sul.

Com alto poder de reprodução e voracidade, a lagarta é ameaça à soja, um dos principais componentes da economia do Estado. O decreto permite a importação de agrotóxico ainda sem registro no País.

“Não tem motivo para pânico. Montamos um plano de ação e 45% das lagartas têm controle biológico” afirma a titular da Seprotur, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias. O uso indiscriminado de agrotóxico preocupa o presidente da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja), Almir Dalpasquale.

“O difícil é o clima de pânico. O produtor não tem como identificar qual é a raça [da lagarta], aplicando inseticida e eliminando até os inimigos naturais”, afirma.

Para o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária), Eduardo Riedel, ainda é cedo para mensurar o impacto da nova praga. “Temos que observar a evolução”.

Ontem, por meio da assessoria de imprensa, o ministério informou que o pedido de emergência foi feito apenas por email, mas precisava ser protocolado. O documento passa pela análise da área jurídica e o órgão ministerial decreta emergência.

O Mapa já decretou emergência fitossanitária na Bahia, Mato Grosso, Goiás e parte de Minas Gerais. Dentre as medidas de combate, estão o vazio sanitário, adoção de áreas de refúgio e a destruição de restos da cultura.

A importação de produtos agrotóxicos, que tenham como ingrediente ativo a substância Benzoato de Emamectina, também está autorizada. As propriedades que utilizarem a substância serão acompanhadas por fiscalização.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)