Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/03/2016 19:11

Decisão do STF assusta a classe política

Por Manoel Afonso

O fim do festival de recursos contra decisões dos tribunais de segunda instância, está assustando não só os transgressores habituais da lei, como também nossos políticos que conseguem se manter ‘vivos’ graças a magia de recursos diversos.


Evidente que se for aplicada com rigor a decisão do STF no último dia 17, faltará cadeia para tanta gente neste país. Aqui também no Mato Grosso do Sul a situação não é diferente do resto do Brasil: dezenas de réus, de naipes sociais diferentes estão sendo beneficiados com a instrumentalização de recursos e continuam em liberdade.


Evidente que não se pode desprezar a força da mídia, divulgando casos de personagens ‘ilustres’ sob o risco de prisão, além é claro de cumprimento de novos mandados prisionais. Em que pese as reclamações dos advogados criminalistas, contra o que eles chamam de ‘Ditadura do Judiciário’ que desrespeitaria a Constituição, a opinião pública está aplaudindo a postura do Supremo.


E essa reação do cidadão comum é perfeitamente explicável e justificável. Em todas as comunidades do país, ocorrem quase que diariamente exemplos de exceções na aplicação da lei penal principalmente. No imaginário popular, como se diz, aqui apenas puta e pobre vão para a cadeia.


Mas aqui é preciso analisar as consequências deste novo olhar do STF – decidindo acabar com os recursos de barriga – sobre a classe política e eventuais pretensos candidatos nas próximas eleições. É possível que muitos deles acabem na cadeia antes das eleições de outubro e outros temendo o pior, acabem desistindo.


Tanto o Ministério Público Federal como o Ministério Público Estadual vão querer passar o pente e mostrar serviço, fazendo uma devassa na lista dos condenados em segunda instância e assim pedir a prisão dos mesmos. Tem gente que está perdendo o sono diante da possibilidade de real de acabar preso.


Acabou a farra? É possível. Vamos torcer.


De Leve...

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)