Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/03/2008 21:18

Dalmo Cúrcio: "Vou morrer lutando pelo rio Aporé"

Dalmo Cúrcio

Pra quem tem voz de influência ou aquele humilde cidadão que foi criado na barranca do rio Aporé, principalmente pelo lado da nossa Cassilândia. Agora tem a sua vez de no mínimo defender este que para todos em comum é um bem precioso. Trata-se da luta em defesa do rio Aporé, esquecido, explorado e muitas vezes devastados por falta de consciência ecológica e ambiental.

Nesta luta ergo minha bandeira ao qual sempre as defendi, muito embora humilde sempre dei o valor necessário na importância da preservação de nossos mananciais, principalmente dos que brotam suas águas límpidas no solo cassilandense.
Venho através deste artigo opinar contrário a instalação da usina geradora de energia próximo ao salto do rio Aporé, nossa maior referência turística em Cassilândia.
Uma pela idéia de PRESERVAR EM RESPEITO A VIDA e o habitat do rio, outra de se evitar a transformação em uma área natural como o leito do rio em um lago, que ninguém poderá nos garantir sobre os efeitos negativos de seu impacto devastador ou até catastrófico. Como a exemplo que assistimos na barragem do rio corrente em Goiás.
Pelo lado da cultura e os costumes de um povo tem que se verificar a importância e alguns valores da influência do rio Aporé. Pois ao saber que quantas gerações usufluiram de suas águas, para o esporte, o laser e até a sobrevivência, ver tudo isso acontecer sem um mínimo de respeito a vida é de se revoltar.

Quanto aos antigos e até autoridades locais com opiniões adversas sobre o tema, o importante a saber é que: dos antigos é que resgatamos as raízes da importância do rio Aporé. Como exemplo a criação em 1998 do esporte chamado BOIACROSS, esporte este que hoje é praticado e conhecido mundialmente. Foi minha a idéia; sim pelo fato de saber e viver minha vida neste rio, onde os costumes vem desde os antigos moradores que rodava com talo de bananeira e depois de muitos anos veio a câmara de ar de pneu de carro.
Criei também na época do prefeito Edio Amin a campanha “ SALVE O RIO APORɔ, que ao final colocamos 1 milhão e 400 mil alevinos de peixes, além do apoio do Ibama e Policia Militar Ambiental.
Evidentemente que tivemos total apoio das cidades ribeirinhas de nossa região e principalmente da população.
Acredito que não é só por estes fatos e sim pelos valores que representa este rio é que devermos lutar e impedir a construção da barragem.
Mas também entender-mos que os efeitos que ela poderá causar, depois de construída jamais será reparado.


DALMO SAUCEDO CURCIO

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)