Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/11/2005 20:12

Dagoberto acredita na recuperação do preço da arroba

Aline dos Santos - Campo Grande News

O secretário de Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira, acredita que normativa publicada nesta terça-feira pelo Ministério da Agricultura, que liberou o trânsito de gado em pé de Mato Grosso do Sul e Paraná, com exceção das áreas com foco ou suspeita de febre aftosa, para outros Estados, vai repercutir no preço da arroba.

“Hoje o resultado já foi positivo; os frigoríficos começaram o dia pagando R$ 46 a arroba e depois já estava em R$ 52. Acredito que o valor vai chegar a R$ 57, o qual era praticado antes da descoberta dos focos de aftosa”, salienta.

Dagoberto afirmou, em entrevista coletiva na Embrapa Gado de Corte, onde foi iniciado a 3ª etapa da vacinação contra a aftosa, que com a aceitação do mercado nacional em cerca de seis meses as exportações de carne possam ser reiniciadas.

Para o secretário, mesmo com o foco de febre aftosa, a supressão de uma etapa da vacinação, a de fevereiro, será mantida. “Não vou mudar porque o gado, que trouxe o foco, não era daqui”, justifica Dagoberto, que negou a existência de novo focos de aftosa.

Ele ainda explicou que o pagamento das indenizações para a proprietária da fazenda Vezozzo, em Eldorado, onde foram abatidos 529 animais, deve ser liberado na sexta-feira. “Vamos pagar o valor de mercado. Outra preocupação é fazer a indenização de forma rápida para conquistar a confiança do produtor, e estimular que ele continue alertando sobre o surgimento de possíveis novos focos”, ressalta.

A etapa de vacinação vai até o dia 30 de novembro. “No planalto são os animais de mamando a caducando. No Pantanal será concluído o ciclo de vacinação”, informa o diretor da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), José Cavalléro. “Estamos disponibilizando 450 mil doses da vacina para animais de assentamentos, periferia e aldeias indígenas”.

Os municípios de Eldorado, Japorã, onde há focos, e Iguatemi, Itaquiraí e Mundo Novo, foram excluídos da vacinação. Será feito um inquérito soroepidemiológico nas propriedades envolvidas no raio de 25 km dos focos, como investigação complementar

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)