Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/04/2004 15:03

CUT considera insuficiente o reajuste do salário mínimo

Rodrigo Augusto Barros / ABr

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) considerou insuficiente o aumento anunciado para o salário-mínimo, já que ele não possibilitará o atendimento das necessidades da população, principalmente aquela que recebe de um a dois salários. “Esse debate do salário mínimo é um debate hipócrita, porque o Congresso já aprovou os gastos do orçamento da União. Nós discutimos as migalhas que sobraram do orçamento”, disse o tesoureiro-geral da CUT, Jasy Afonso.

A CUT pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na última sexta-feira, que cumprisse a proposta do governo de dobrar o salário mínimo em quatro anos. No momento, a Central Única dos Trabalhadores queria que o salário fosse aumentado para R$ 300. “Nós temos que reconhecer que o aumento que defendemos está além da inflação. Apesar de ser um avanço porque estaria reajustando acima da inflação, ainda assim seria insuficiente", argumenta Jasy Afonso.

A CUT pretende, para 2005, lutar para que o valor do mínimo seja determinado antes da votação do Orçamento Geral da União. A Central espera que o governo sinalize que o mínimo possa chegar aos R$ 1.400 determinados pelo DIEESE, a longo prazo. A CUT não acredita que o governo possa cumprir a promessa de dobrar o salário-mínimo, se não mudar a forma com a qual está sendo feita a evolução do salário.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)