Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

08/01/2009 15:37

Custo de vida em São Paulo sobe 6,11% em 2008

Vinicius Konchinski , ABr

São Paulo - O custo de vida na cidade de São Paulo aumentou 6,11% em 2008, registrando o maior crescimento desde 2004. De acordo com o relatório do Índice de Custo de Vida (ICV), divulgado hoje (8) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a alta foi causada principalmente pela inflação dos alimentos e prejudicou mais a população de baixa renda.

Segundo o Dieese, para famílias com renda média mensal de R$ 377,49, por exemplo, o custo de vida aumentou 6,75% no ano. Já para famílias com renda média de R$ 934,17, o aumento foi de 6,16; e para famílias com renda média de R$ 2.792,90, de 5,92%.

“A população de baixa renda é a mais afetada pela inflação dos alimentos”, afirmou a coordenadora do ICV, Cornélia Nogueira Porto, em entrevista à Agência Brasil. “Em 2008, a alta dos alimentos foi grande, devido ao aumento mundial do preços das commodities, como soja, milho, trigo, por exemplo.”

O item alimentação foi o que apresentou a maior variação entre todos incluídos no ICV. No ano, a alta acumulada foi de 9,90%. Só o arroz, por exemplo, subiu 33,56% em 2008. Legumes, em geral, subiram 27,90% e carnes, 21,74%.

O grupo habitação também teve peso decisivo no aumento do custo de vida em São Paulo, seguido pelo de despesas pessoais. O item habitação subiu 7,65% – 6 pontos percentuais acima da alta de 2007. “Com certeza, se o custo da habitação não tivesse subido tanto, teríamos um ICV semelhante ao de 2007”, disse Cornélia.

Ainda segundo o relatório, o item equipamentos domésticos registrou deflação de 1,38% neste ano, e a educação subiu 1,03 ponto percentual a menos do que em 2007. Mesmo assim, o ICV de 2008 foi 1,31 ponto percentual maior do que o do ano anterior.

Nem a queda do índice em dezembro conteve a alta. No último mês de 2008, o ICV caiu 0,43 ponto percentual e fechou em 0,10%. O item alimentação, por exemplo, registrou deflação de 0,20%.

Cornélia afirmou, contudo, que os resultados do fim do ano apontam uma tendência de redução do ICV para 2009. Devido às grandes altas e baixas de preços em 2008, ela preferiu não fazer previsão para este ano, mas disse que o custo de vida tende a ser menor: “É capaz até de termos deflação.”


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)