Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/07/2005 16:56

Curso sobre boas práticas capacita profissionais em MS

Famasul Notícias

Criar boas práticas na pecuária de corte em Mato Grosso do Sul e reverter o quadro atual utilizando-se técnicas de gestão adequadas foi o objetivo do primeiro curso que aconteceu durante toda a semana passada na Casa Rural.

Por meio do programa, engenheiros-agrônomos, médicos-veterinários e zootecnistas, profissionais habilitados do setor, irão multiplicar e fazer com que as práticas recomendadas por meio do curso cheguem às fazendas, profissionalizando assim a atividade para que o pecuarista produza carne e couro de qualidade.

Esta foi a proposta na parceria do SENAR-AR/MS, Embrapa Gado de Corte, a Câmara Setorial da Bovinocultura e Bulbalinocultura de Mato Grosso do Sul e a Secretaria de Estado de Produção e Turismo (Seprotur), isto é, desenvolver, por meio do programa, a área rural para que os produtores colham os resultados de seu trabalho da melhor maneira possível. Isto significa que, aumentando-se o valor da produção, confirma-se a capacidade da região.

Para a zootecnista Daniela Maciel de Campos Barbosa, 28 anos, o curso possibilitou oferecer uma ferramenta a mais para o produtor, “porque a tecnologia não é cara, é necessário aprender a usá-la, é uma cerca errada, malfeita, pequenas coisas que fazem a diferença na fazenda, que já se pode chamar de tecnologia e faz a diferença no produto final”.

Já Marcelo Sanfelice Simei, 23 anos, médico-veterinário, destacou que se aumentando a produtividade melhora-se também a qualidade de vida, porque “ao passar para os produtores rurais novas técnicas de produção de maneira simples, isto faz com que se aumente a produção e se diminuam os custos”.

E Carlos Eduardo Faker, 24 anos, médico-veterinário, complementa: “O mercado externo está exigindo, cada vez mais, boas práticas agropecuárias e a idéia do multiplicador é um caminho para que se possa atingir o maior número de pessoas capacitadas para o meio rural”. “Buscar o aprimoramento técnico que é o intuito deste programa”, complementa.

Conforme a economista Adriana Mascarenhas, programas como este trazem benefícios tanto para quem produz quanto para quem compra. “São investimentos em longo prazo que trazem retorno financeiro. Só que é preciso paciência. O grande ganho do Programa, é claro, está na questão da segurança alimentar, primordial para que os alimentos brasileiros ganhem mercado também no primeiro mundo”, comenta.

Autor:
Correio do Estado-Rural

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)