Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/10/2008 10:22

Curso quer evitar desperdício de remédio na rede pública

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O CRF (Conselho Regional de Farmácia) realiza amanhã e depois curso de capacitação voltado a farmacêuticos que atuam na rede pública para orientar a correta adesão ao tratamento medicamentoso e com isso evitar o desperdício de remédios.

Segundo a entidade, estudos da OMS (Organização Mundial de Saúde) revelam que 50% das pessoas utilizam os medicamentos de maneira incorreta. A projeção dá margem a uma estimativa de que dos R$ 10 milhões investidos em 2007, na compra de medicamentos para usuários dos serviços públicos de saúde de Campo Grande, R$ 5 milhões podem ter sido desperdiçados.

Esta será a terceira etapa da qualificação, iniciada no fim de 2007, com objetivo de melhorar o atendimento do SUS.

Aproximadamente 100 profissionais deverão participar da capacitação. Para o vice-presidente do CRF/MS, que atua na rede pública de saúde, Wilson Hiroshi, a qualificação tem sido muito importante para os profissionais. No curso, os farmacêuticos analisam casos e trocam experiências vivenciadas no dia-a-dia daqueles que trabalham em unidades públicas.

“Da maneira como está hoje o paciente é atendido por uma janelinha, sem privacidade. Basta ir a um posto de saúde e constatar que falta humanização”, revela Hiroshi em relação à situação da maioria das unidades de saúde.

Serviço – O curso será realizado na Semed (Secretaria Municipal de Educação), na Rua Onicieto Severo Monteiro, 460, Vila Margarida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)