Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

15/05/2007 14:30

Cuidado: está na época do rotavírus

Bruna Girotto

Mais perigoso do que muitos pensam, o rotavírus é responsável pela maior parte das mortes ocasionadas por doenças diarréicas agudas em crianças de todo o mundo. Entre os meses de maio e junho, os hospitais recebem um número maior de crianças com esta doença, devido à mudança climática. “Durante estes meses, em média, de 100 atendimentos diários, 30 crianças estão com rotavírus. E, 50% dos leitos são ocupados pelas crianças que estão em estágio mais grave desta doença”, diz o médico do Hospital da Criança de Campo Grande(MS), Benedicto Anache. O rotavírus é responsável por causar surtos nas pré-escolas, berçários e creches de todo o mundo.

“Até chegarmos ao hospital, ela havia vomitado cinco vezes”. Este é o relato da mãe de Iasmin, Cecília Gabriel Pereira, de 24 anos, estudante de direito. Somente em 2005, sua filha de 3 anos e meio, já teve o rotavírus duas vezes. “Minha filha ficou internada na primeira vez, porque eu não tinha conhecimento da doença, e demorei algumas horas para levá-la ao hospital. Na outra vez, ela começou a vomitar e eu já levei”.

Segundo o site do Ministério da Saúde, o rotavírus causa uma diarréia grave e vômito, sendo atingidas, em sua maioria, crianças de até cinco anos de idade. Os adultos podem estar sujeitos a manifestar a doença, mas de forma mais moderada.

Luciana Pereira da Costa, de 35 anos, estudante de publicidade e propaganda tem um filho de 3 anos e 2 meses que já teve o rotavírus. “O Felipe estava com febre, vômito constante e moleza.”, conta. “Quando fomos ao hospital, havia sete crianças na frente dele, e nas três horas em que esperamos na fila, ele vomitou várias vezes, levando-o à desidratação”. A criança foi internada, tomou soro e medicação injetável para obtenção de uma resposta mais rápida. Depois, de dois dias recebeu alta hospitalar.

No dia 6 de março de 2006 teve início a vacinação contra o rotavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 23 estados brasileiros, incluindo Mato Grosso do Sul. São aplicadas duas doses da vacina, uma em crianças com dois meses e outra com quatro meses de idade. Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil foi o primeiro país no mundo a introduzir esta vacina na rede pública. As outras crianças que têm mais de quatro meses devem pagar pela vacina, em hospitais privados.

“Uma das vantagens da vacinação contra o rotavírus é a longo prazo. As crianças imunes não são portadoras as demais, assim, em cinco anos, por exemplo, irá diminuir o número de casos desta doença”, relata o médico Benedicto Anache. “Vale ressaltar que o rotavírus é causado por diferentes vírus, e esta vacina atinge apenas alguns destes vírus. Porém, a possibilidade da criança vacinada pegar a doença é bem menor do que aquela que não tomou a vacina”.

Havendo a suspeita pelos pais de que a criança está com o rotavírus (vômito constante, diarréia, febre), devem suspender a alimentação, dar pequenas doses de soro caseiro, em intervalos curtos, para evitar a desidratação, e levá-la imediatamente ao hospital.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)