Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/02/2006 15:52

Cuidado ao viajar para Campo Grande segunda-feira

Inara Silva/Campo Grande News

A partir de segunda-feira (20), os motoristas que trafegarem acima de 80 km/h nas estradas federais de Mato Grosso do Sul estarão sujeitos a serem multados. É que a PRF (Polícia Rodoviária Federal) vai começa a utilizar radares fotográficos móveis e o primeiro alvo da fiscalização será a BR-163. Segundo o relações públicas da corporação, Ademilson de Souza, os equipamentos estarão ao longo da estrada porque ela responde pela maior parte dos acidentes de maior gravidade em Mato Grosso do Sul.
A legislação estabelece 80 km/h como a velocidade máxima permitida nas rodovias de pistas simples sinalizadas, que é o caso de todas as BRs do Estado. Embora a tecnologia permita que os veículos ultrapassem esta marca, a legislação vigente os impede e a PRF terá de aplicá-la. Com a medida, os motoristas infratores receberão a multa em casa com documento comprovando a velocidade a foto da placa do veículo.
Os motoristas deverão ficar atentos à nova forma de fiscalização, que já é adotada em outros estados, como Minas Gerais. O Código de Trânsito Brasileiro estabelece que a equipe de fiscalização com radar deverá ser fixada a mil metros da placa de sinalização, mas quem estabelece as regras para cada rodovia é o DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transporte). O Código permite que automóveis, camionetas e motocicletas trafeguem até 110 quilômetros por hora, 90 km/h para ônibus e microônibus; 80 km/h para os demais veículos, o que inclui os caminhões e transporte de carga. Porém, a medida deve ser regulamentada pelo órgão competente e o DNIT estabelece que a marca de 110 km/h é permitida para rodovias federais de pistas duplas, com acostamento; 100 km/h para rodovias federais de pistas duplas, sem acostamento, e a máxima de 80 km/h para rodovias simples. Este é o caso de todas as estradas federais de Mato Grosso do Sul.
A PRF reconhece que é preciso fazer uma reavaliação dos limites de velocidade, mas a discussão não cabe a corporação. Por enquanto, a multa pelo excesso de velocidade custa R$ 195,00 se o motorista estiver em ate 20% acima da velocidade permitida, e R$ 570,00 se for acima de 20%. A infração rende sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)