Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/01/2004 09:08

Crivella diz que brasileiros não voltarão algemados

Agência Senado


O senador Marcelo Crivella (PL-RJ) afirmou à Agência Senado, por telefone, que o primeiro grupo de brasileiros presos nos Estados Unidos por imigração ilegal deve voltar ao país já na próxima semana. O parlamentar disse que eles não virão algemados. Crivella disse ainda que ele, o senador Hélio Costa (PMDB-MG) e o deputado João Magno (PT-MG) - que integram a missão parlamentar que está nos Estados Unidos negociando a repatriação dos 922 brasileiros presos por tentarem ingressar ilegalmente naquele país - devem retornar ao país juntamente com esse primeiro grupo.

De acordo com o representante fluminense, o governo norte-americano iniciou o processo de licitação destinado a fretar o avião para esse transporte, que ocorrerá no máximo em duas semanas.

- Assim que isso estiver resolvido, embarcaremos. O avião vai aterrizar no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, porque 60% deles são mineiros. Depois, o vôo seguirá para Goiânia, de onde procedem os restantes - disse.

Crivella informou que a missão parlamentar pretende que, de duas em duas semanas, parta um avião dos Estados Unidos trazendo brasileiros de volta. Ele deu a entrevista quando acabava de visitar prisão em Florence, no Arizona, onde estão presos 300 brasileiros.

- A situação é dramática, as histórias que eles contam são comoventes, de forma que eu nem vou voltar agora, como pretendia. Vou ficar aqui, pressionando, negociando com as autoridades americanas para resolver o mais rapidamente possível esse problema - acrescentou.

De acordo com Marcelo Crivella, o senador Hélio Costa já negociou com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, e o Itamaraty já informou aos consulados brasileiros nos Estados Unidos que o Brasil aceita a volta desses migrantes em aviões especiais. Ele também disse que o oficial do Department of Homeland Security, que acompanha a missão brasileira, já tomou providências para a licitação do avião.

Marcelo Crivella também informou que os brasileiros presos se queixam de desconforto, frio, escassez de alimentos e do constrangimento de terem que andar algemados quando precisam ir ao banheiro.

- É muita humilhação. São pessoas de bem, que não cometeram nenhum crime, mas que caíram na esparrela da aventura de ir para a terra prometida - disse.

O parlamentar afirmou ainda que esses migrantes foram presos no deserto depois de uma longa caminhada em que enfrentaram sede e fome, subindo montanhas, porque tinham que andar o mais longe possível das rodovias.

- Chegaram aqui famintos, cansadíssimos e estão num estado psicológico muito abatido - descreveu.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)