Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/03/2006 13:47

Criticado projeto para criar território com áreas de MS

Paulo Fernandes e Leandro Calixto / Campo Grande News

A Câmara dos Deputados irá avaliar a possibilidade de fazer um plebiscito em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul para dividir o Pantanal desses estados. A possibilidade de fazer o referendo para a criação de um teritório está sendo discutida pela Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional da Câmara.

Pela proposta, deixam de fazer parte de Mato Grosso do Sul para integrar a nova Unidade da Federação: Aquidauana, Bonito, Corumbá, Coxim, Jardim, Miranda, Porto Murtinho, Sonora, Rio Verde do Mato Grosso, Rochedo, Ladário, São Gabriel do Oeste, Pedro Gomes, Guia Lopes da Laguna, Nioaque, Rio Negro e Bodoquena. O vizinho Mato Grosso perderia os municípios de Barão de Melgaço, Cáceres, Poconé, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio do Leverger. São 17 municípios de Mato Grosso do Sul e cinco do Mato Grosso.

O projeto de decreto legislativo que cria o plebiscito foi apresentado pelo deputado Fernando Gabeira (PV/RJ ), mas ainda não foi aprovada em plenário. Está na Comissão da Amazônia.

A consulta popular seria feita em Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso. A proposta foi amplamente criticada por deputados estaduais de Mato Grosso do Sul esta manhã, na Assembléia Legislativa. Um aspecto destacada é que o Estado ficaria prejudicado com a redução do orçamento. A discussão foi levada ao parlamento pelo deputado Pedro Teruel (PT). Para ele, é preciso fazer uma campanha contra a proposta.

O deputado Sérgio Assis também fez pronunciamento contra a proposta. “Não temos que levar em consideração o que esse camarada (Gabeira) fala”, afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)