Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/05/2004 10:19

Crise financeira reduz expectativa de investimentos

Stênio Ribeiro/ABr

As especulações negativas em torno do mercado financeiro internacional, na semana passada, interferem da mesma maneira também para a economia no âmbito interno. Em especial quanto a redução dos investimentos estrangeiros diretos, como mostra pesquisa do Banco Central, realizada na última sexta-feira junto a uma centena de instituições e analistas de mercado, e divulgada hohe pela instituição. A perspectiva de investimentos externos neste ano, que há um mês era de US$ 13 bilhões, caiu agora para US$ 12,35 bilhões.

O nervosismo do mercado não afetou, porém, o comportamento das vendas no varejo. As expectativas de inflação até caíram um pouco. A previsão anual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que estava em 6,17%, na semana anterior, está, agora, em 6,12%, e o prognóstico de correção dos preços administrados, que era de 7,20%, também cedeu um pouco, para 7,15%. No atacado, porém, a expectativa é de aumento, com o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) saltando de 8,68% para 8,82% no intervalo de uma semana.

A perspectiva de aumento das taxas de juros norte-americanas, a redução do aquecimento da economia chinesa, a crise no Oriente Médio e a conseqüente elevação nos preços do petróleo, segundo o BC, geraram cenário desfavorável também em relação à dívida líquida do setor público. O comprometimento da dívida foi projetado em 56,50% do Produto Interno Bruto (PIB), durante dois meses, e a expectativa, hoje, é de que aumente para 56,60%. O mercado mantém, porém, a projeção de 55% para 2005.

Embora o dólar tenha alcançado cotação de até R$ 3,06, na última sexta-feira, os analistas de mercado entendem que a elevação deve ser passageira e o câmbio vai refluir ao patamar normal. Por isso, mantêm a perspectiva de R$ 3,05 no encerramento do ano, devendo chegar a R$ 3,20 no final do ano que vem. O mercado mantém a expectativa de continuidade do processo de flexibilização da política monetária, com redução de mais 0,25 ponto percentual da taxa básica de juros, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), no próximo dia 19, de modo a que a taxa Selic caia para 14% ao ano até dezembro.

A pesquisa do BC revela perspectiva de aumento do saldo de conta corrente com o mercado externo. A previsão de superávit de US$ 1,2 bilhão, há um mês, foi elevada para US$ 1,5 bilhão, na semana passada, e agora dá um pulo para US$ 2 bilhões, graças, em grande parte, à previsão, cada vez mais firme, de que o saldo da balança comercial deste ano será de U$ 25 bilhões (US$ 22 bilhões, em 2005). Em 2003, foram contabilizados US$ 24,8 bilhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)