Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/07/2005 06:39

Criada CPMI para apurar 'mensalão' e compra de votos

Agência Câmara

Na sessão do Congresso desta terça-feira, foi lido pelo deputado Inocêncio Oliveira (PMDB-PE) o requerimento de criação da comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que vai apurar as denúncias sobre o “mensalão” e sobre a suposta compra de votos para aprovar a emenda da reeleição, em 1997.
Segundo o texto, fruto de um acordo entre a oposição e a base aliada, a CPMI será composta por 17 deputados e 17 senadores, com igual número de suplentes, e funcionará durante 120 dias.
O requerimento para criação da comissão foi assinado pelos líderes do PL, Sandro Mabel (GO); do PDT, Severiano Alves (BA); do PT, Paulo Rocha (PA); do PFL, Rodrigo Maia (RJ); do PSDB, Alberto Goldman (SP); do PCdoB, Renildo Calheiros (PE); do PPS, Dimas Ramalho (SP); do PV, Marcelo Ortiz (SP); do PP, José Janene (PR); do PSB, Renato Casagrande (ES); e do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP); além do vice-líder do PMDB, Jorge Alberto (SE).
O objetivo da CPMI, de acordo com o texto, será “apurar as denúncias de recebimento de quaisquer vantagens patrimoniais ou pecuniárias indevidas por membros do Congresso Nacional para aprovar matérias de interesse do Poder Executivo e as acusações do mesmo teor na deliberação da PEC da reeleição”.



Reportagem - João Pitella Junior
Edição - Rejane Oliveira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)