Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

13/11/2012 06:42

CRF-MS pede punição severa para envolvidos em comércio ilegal de medicamentos

Nyelder Rodrigues, Campo Granded News

O caso em que três homens foram presos e um adolescente apreendido no camelódromo de Campo Grande por causa da venda ilegal de medicamentos trouxe preocupação ao CRF-MS (Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul).

Nesta segunda-feira (12), o presidente do conselho, Ronaldo Abrão, se reuniu com o delegado que cuida do caso, João Paulo Sartori, e pedir punição severa aos envolvidos.

Eles realizavam a venda de Citotec, utilizado para provocar aborto, Pramil, indicado para disfunção erétil, e Sibutramina, medicamento usado para emagrecimento. O comércio ilegal era feito na entrada do camelódromo e em um dos box do local.

“Se tornam cada vez mais comuns e feitos à luz do dia o oferecimento de medicamentos nas calçadas de nossa cidade, colocando em risco o cidadão desinformado que se rende ao oferecimento de drogas ilícitas, supondo estar adquirindo produtos mais baratos e dessa forma coloca sua vida em risco”, explicou Abrão, conforme nota enviada pelo CRF-MS.

Para o presidente do conselho, que foi ao encontro junto ao assessor jurídico Marcelo Alexandre Silva, a punição deve ser severa pois a venda ilegal de medicamentos se enquadra na prática de crime hediondo contra a saúde pública, em que o acusado aguarda o julgamento preso, sem direito a fiança e com pena entre 10 e 15 anos de reclusão e multa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)