Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

18/04/2011 11:53

Crescem as devoluções de cheque por falta de fundos, mostra pesquisa da Serasa

Marli Moreira, Agência Brasil

São Paulo – O número de documentos devolvidos por falta de fundos em março chegou a 1,8 milhão, o que representa 2,13% do total compensado no período (88,2 milhões). No mês anterior, a taxa ficou em 1,83% (1,4 milhão de cheques devolvidos). O aumento registrado em março foi o terceiro consecutivo.

Já no período de janeiro a março, a inadimplência é a menor dos últimos seis anos, segundo o levantamento da empresa de consultoria Serasa Experian. De um total de 255,1 milhões de cheques compensados, 1,89% não tinham fundos (4,8 milhões). No mesmo período de 2010, a taxa alcançou 1,92% (5,4 milhões de documentos).

De acordo com a análise técnica da Serasa, o aumento registrado em março foi provocado em parte por fatores sazonais. As famílias têm despesas maiores nessa época do ano por causa do pagamento do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), da compra de material escolar, e de despesas com férias e viagens ou entretenimento no feriado do carnaval. Além disso, segundo a empresa, os consumidores “enfrentam o aumento da inflação, que reduz o poder aquisitivo do consumidor, e o aperto monetário, fundamentado nos juros altos para controle dos preços, o que também encarece o crédito”.

No comunicado, a Serasa também destacou que alguns estabelecimentos voltaram a utilizar o cheque pré-datado para o financiamento ao consumidor como efeito da elevação do custo do crédito.

Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)