Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Março de 2017

Últimas Notícias

16/05/2005 14:12

Cresce acesso ao portal de domínio público

MEC

O portal de domínio público do Ministério da Educação tem cerca de três milhões de acessos por mês. Só em abril, 35.844 usuários acessaram a página da biblioteca digital gratuita, com mais de cinco mil obras literárias, músicas, fotografias, vídeos e quadros. Inaugurado pelo ministro Tarso Genro em novembro, o portal tem vídeos da TV Escola – ligada à Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) –, como os dos escritores Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Machado de Assis e Mário de Andrade. Há obras do português Eça de Queiroz e do inglês William Shakespeare. O usuário tem a opção de fazer cópia dos textos e imprimi-los, totalmente ou em parte.

O portal é uma referência para professores, estudantes, pesquisadores e a comunidade e pretende contribuir para o desenvolvimento da educação e da cultura e aprimorar a construção da consciência social, da cidadania e da democracia. “Ao disponibilizar informações e conhecimentos de forma livre e gratuita, o portal busca incentivar o aprendizado, a inovação e a cooperação entre os geradores de conteúdo e usuários”, explica o ministro Tarso Genro.

Este mês, o coordenador-geral de gestão em educação a distância do MEC, Espartaco Madureira Coelho, apresentou o portal no Colóquio Internacional de Literatura Comparada e Novas Tecnologias, na UFRG, evento promovido pela Associação Internacional de Literatura Comparada, com representantes do Brasil, Uruguai, Espanha, Itália e França.

Conteúdo – Segundo o consultor José Guilherme Ribeiro, órgãos públicos, bibliotecas e a administração federal, estadual e municipal podem oferecer conteúdo, sobretudo de obras de domínio público, cujos autores morreram há mais de 70 anos. Escritores contemporâneos também podem autorizar a publicação de suas obras. O cadastramento é feito na página eletrônica da biblioteca. É projeto do MEC cadastrar e digitalizar outras obras no portal. Para isso, o ministério vai fazer uma licitação até junho.

“A idéia é colocar à disposição obras de interesse geral”, diz Jean Marc Georges Mutizig, diretor do Departamento de Infra-Estrutura Tecnológica da Seed. É uma opção para baratear custos e estar ao alcance de mais pessoas. “Queremos oferecer serviços adicionais, como chat e fóruns, para torná-lo mais atrativo”, disse. O portal de domínio público do MEC tem parcerias com bibliotecas virtuais, editoras, gravadoras e universidades. Voluntários, autores e tradutores podem colaborar com a iniciativa. O portal pode ser acessado na página eletrônica do domínio público.

Repórter: Susan Faria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Março de 2017
Terça, 21 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)