Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/05/2005 14:12

Cresce acesso ao portal de domínio público

MEC

O portal de domínio público do Ministério da Educação tem cerca de três milhões de acessos por mês. Só em abril, 35.844 usuários acessaram a página da biblioteca digital gratuita, com mais de cinco mil obras literárias, músicas, fotografias, vídeos e quadros. Inaugurado pelo ministro Tarso Genro em novembro, o portal tem vídeos da TV Escola – ligada à Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) –, como os dos escritores Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Machado de Assis e Mário de Andrade. Há obras do português Eça de Queiroz e do inglês William Shakespeare. O usuário tem a opção de fazer cópia dos textos e imprimi-los, totalmente ou em parte.

O portal é uma referência para professores, estudantes, pesquisadores e a comunidade e pretende contribuir para o desenvolvimento da educação e da cultura e aprimorar a construção da consciência social, da cidadania e da democracia. “Ao disponibilizar informações e conhecimentos de forma livre e gratuita, o portal busca incentivar o aprendizado, a inovação e a cooperação entre os geradores de conteúdo e usuários”, explica o ministro Tarso Genro.

Este mês, o coordenador-geral de gestão em educação a distância do MEC, Espartaco Madureira Coelho, apresentou o portal no Colóquio Internacional de Literatura Comparada e Novas Tecnologias, na UFRG, evento promovido pela Associação Internacional de Literatura Comparada, com representantes do Brasil, Uruguai, Espanha, Itália e França.

Conteúdo – Segundo o consultor José Guilherme Ribeiro, órgãos públicos, bibliotecas e a administração federal, estadual e municipal podem oferecer conteúdo, sobretudo de obras de domínio público, cujos autores morreram há mais de 70 anos. Escritores contemporâneos também podem autorizar a publicação de suas obras. O cadastramento é feito na página eletrônica da biblioteca. É projeto do MEC cadastrar e digitalizar outras obras no portal. Para isso, o ministério vai fazer uma licitação até junho.

“A idéia é colocar à disposição obras de interesse geral”, diz Jean Marc Georges Mutizig, diretor do Departamento de Infra-Estrutura Tecnológica da Seed. É uma opção para baratear custos e estar ao alcance de mais pessoas. “Queremos oferecer serviços adicionais, como chat e fóruns, para torná-lo mais atrativo”, disse. O portal de domínio público do MEC tem parcerias com bibliotecas virtuais, editoras, gravadoras e universidades. Voluntários, autores e tradutores podem colaborar com a iniciativa. O portal pode ser acessado na página eletrônica do domínio público.

Repórter: Susan Faria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)