Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/03/2006 17:45

CPMI pede apoio para ensino de japonês a dekasseguis

Agência Câmara

Integrantes da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Emigração Ilegal querem que o governo brasileiro ofereça condições para que os brasileiros que estão no Japão estudem a língua japonesa. A sugestão foi feita por um grupo de cinco integrantes da CPMI, que concluíram ontem uma viagem de quatro dias àquele país.
O presidente da comissão, senador Marcelo Crivela (PMR-RJ), o relator, deputado João Magno (PT-MG), e os deputados Takayama (PMDB-PR), Neucimar Fraga (PL-ES) e Dr. Heleno (PSC-RJ) foram verificar os problemas dos brasileiros que moram no Japão. Na última parte da viagem, os parlamentares visitaram presos em Tóquio.

Desemprego
Há 1,3 mil brasileiros detidos em presídios na cidade, segundo o deputado Neucimar Fraga. A maioria é de jovens desempregados. Uma das razões do desemprego é o fato de muitos dos imigrantes não aprenderem o idioma.
"Os brasileiros que vivem no Japão enviam oficialmente para o Brasil, todos os anos, cerca de 2,5 bilhões de dólares (R$ 5,4 bilhões). As exportações todas do Brasil para o Japão não atingem esse valor", disse Fraga. "Então, do ponto de vista econômico, é lucrativo o Brasil ter brasileiros no exterior."

Saúde
Os parlamentares também ressaltaram a necessidade de assistência aos brasileiros que não têm acesso ao sistema de saúde japonês porque não pagam seguridade social. Neucimar Fraga explicou que o Brasil discute com o governo japonês uma forma de levar em conta o que esses brasileiros pagaram quando ainda estavam no Brasil. Hoje, cerca de 300 mil brasileiros vivem no Japão.


Reportagem - Sílvia Mugnatto/Rádio Câmara
Edição - Noéli Nobre


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)