Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/08/2008 14:50

CPI dos Grampos tenta reverter decisão do STF

Deputados da CPI dos Grampos Telefônicos garantiram nesta terça-feira (dia 5) que vão tentar reverter a decisão de ontem do STF (Supremo Tribunal Federal) que garantiu às operadoras de telefonia fixa o direito de preservar os nomes de seus clientes que foram alvo de escutas telefônicas em 2007.

O relator da CPI, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), criticou a postura das operadoras que, segundo ele, estão evitando repassar os dados. "É uma suspeita que as operadoras lançam sob a CPI. Será que com isso elas não estão querendo dizer que nós deputados não somos confiáveis?", questionou.

Os membros da CPI vão se reunir para decidir que providências vão tomar em relação a decisão do Supremo. A idéia, segundo o relator, é agendar uma audiência com o ministro do STF Cezar Peluso, que concedeu a liminar.

"Nós queremos apenas analisar o conteúdo dos mandados de juízes e não as gravações. Nós daremos a garantia de sigilo e espero que ele possa reverter sua decisão", disse Pellegrino.

No mês passado, a CPI solicitou a algumas empresas de telefonia que encaminhassem cópia das ordens judiciais de interceptação telefônica cumpridas em 2007.







Jorge Franco com informações da Agência Câmara

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)