Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/08/2005 15:29

CPI dos Correios aprova reconvocação de Maurício Marinho

Os integrantes da CPI dos Correios aprovaram nesta quinta-feira a reconvocação do ex-chefe do Departamento de Administração e Contratação de Material da estatal Maurício Marinho. Os membros da comissão solicitaram também ao Ministério Público todos os depoimentos prestados até o momento por Marinho.

Em relato feito à CPI na semana passada, procuradores do Ministério Público disseram que Marinho fez revelações importantes sobre o caso de corrupção nos Correios, com a participação do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ).

De acordo com matéria publicada hoje no jornal "O Globo", Marinho apontou o deputado petebista como coordenador do esquema de arrecadação de dinheiro nos Correios para a legenda. Fiscalizava as operações de desvio de recursos o genro de Jefferson, Marcus Vinícius Vasconcelos Ferreira.

Ele revelou também que o esquema tinha o aval do ex-diretor de Administração dos Correios Antônio Osório Batista e do ex-presidente da estatal João Henrique, apadrinhado pelo PMDB. O relator da CPI, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), afirmou que o novo depoimento de Marinho deverá ser marcado para depois da análise da íntegra das declarações feitas pelo ex-funcionário dos Correios ao Ministério Público.

Briga política Em sessão de três horas na CPI dos Correios predominaram as disputas políticas, críticas severas às investigações da CPI do Mensalão e a discussão sobre qual linha de investigação seguirá a comissão. A oposição queria convocar o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, apontado no depoimento do doleiro Antônio Oliveira Claramunt, o Toninho da Barcelona, como responsável por fazer remessas irregulares de recursos para o exterior.

Os oposicionistas queriam ainda convocar o presidente do Sebrae, Paulo Okamoto, e quebrar seus sigilos bancário, fiscal e telefônico para investigar a veracidade da versão apresentada por ele do pagamento de um empréstimo de R$ 29 mil feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva da conta do PT destinada a receber recursos do Fundo Partidário.

Outra tentativa dos oposicionistas foi marcar para a próxima semana o depoimento do chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência, Luiz Gushiken já convocado, e chamar para depor no plenário da comissão o doleiro Toninho da Barcelona.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)