Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

29/03/2006 20:01

CPI comprovou existência de ''mensalão'', afirma relator

Marcos Chagas e Ana Paula Marra/ABr

Houve um esquema de compra de votos no Congresso Nacional, em troca de apoio ao governo federal, concluiu hoje (29) o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios. "O esquema comprovado pela CPMI é, nitidamente, um esquema de cooptação de apoio político ilícito", diz o relatório.

Serraglio acredita que faltam provas de que o dinheiro repassado pelo empresário Marcos Valério de Souza fazia parte de um esquema ilegal para financiar campanhas eleitorais – tese apresentada pelo ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, em sua defesa. Para Serraglio, o argumento de Delúbio, e da maioria dos parlamentares acusados, representa a tentativa "de explicar o inexplicável".

"Nove meses após a divulgação das primeiras denúncias, pouquíssimos foram os (parlamentares) que apresentaram comprovantes das dívidas supostamente honradas com o dinheiro repassado pelo empresário Marcos Valério", afirma o relator.

"É nessa cooptação antiética, em que foram utilizadas operações e transações financeiras simuladas, ilegais e fraudulentas, que reside a gravidade dos fatos. Os recursos foram levantados de forma ilegal e transferidos a partidos da base aliada em troca de apoio político, obviamente, consubstanciado no apoio majoritário às proposições e postulações de interesse do governo em todas as fases de tramitação no Congresso Nacional", afirma Serraglio em seu relatório. Serraglio argumenta que o crime de recebimento de dinheiro para campanha eleitoral se anularia com a apresentação de algum comprovante de quitação destas dívidas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)