Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/06/2007 18:30

Coxim recorre e Campeonato Estadual pode ser paralisado

Gylson Ferreira/Campo Grande News

A decisão do TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul) que puniu o Coxim com a perda de 6 pontos e a conseqüente eliminação do Campeonato Estadual ainda pode ser revertida. Inconformados, os dirigentes da equipe já recorreram da decisão e aguardam novo pronunciamento do Tribunal: "Na quarta-feira o julgamento foi feito por uma turma de três juízes. Agora nosso recurso vai para o pleno", explica o presidente do clube, Carlos Zanin de Almeida.
Se o recurso for indeferido, Zanin promete recorrer novamente - desta vez ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) - e garante que vai até a Justiça Comum se for necessário: "O argumento apresentado para a punição é extremamente frágil; não tem a menor consistência. Os juízes não observaram o princípio de votar pela absolvição do réu em caso de dúvida. Eles ficaram em dúvida e mesmo assim resolveram punir a gente", reclama.
O presidente do Coxim ainda afirmou que os juízes demonstraram "profundo desconhecimento" na análise do processo e na punição dos atletas Enismar de Oliveira Pio, Rosenildo Silva e Márcio Machado: "Eles não sabem os procedimentos de como é feita a documentação de uma partida. Tivemos três jogadores punidos por uma coisa que não é responsabilidade deles. Como uma pessoa pode fazer parte do Tribunal e julgar um time se não conhece como funcionam as coisas?", questiona.
O Coxim foi punido por ter escalado irregularmente o jogador Enismar de Oliveira Pio (que teria usado o nome de Rosenildo Marques da Silva) no dia 20 de maio, diante do UMJ EC, de Bonito. Mas o cartola garante que o clube não desrespeitou o regulamento: "O que aconteceu foi um equívoco do mesário. Foi um erro administrativo que acabou prejudicando a gente".
Por conta do recurso do Coxim, o Campeonato Estadual corre o risco de parar. A primeira rodada da semifinal está marcada para domingo, mas a Federação poderá ser obrigada a adiar os jogos até que se tenha uma decisão final do caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)