Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

08/06/2007 18:30

Coxim recorre e Campeonato Estadual pode ser paralisado

Gylson Ferreira/Campo Grande News

A decisão do TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul) que puniu o Coxim com a perda de 6 pontos e a conseqüente eliminação do Campeonato Estadual ainda pode ser revertida. Inconformados, os dirigentes da equipe já recorreram da decisão e aguardam novo pronunciamento do Tribunal: "Na quarta-feira o julgamento foi feito por uma turma de três juízes. Agora nosso recurso vai para o pleno", explica o presidente do clube, Carlos Zanin de Almeida.
Se o recurso for indeferido, Zanin promete recorrer novamente - desta vez ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) - e garante que vai até a Justiça Comum se for necessário: "O argumento apresentado para a punição é extremamente frágil; não tem a menor consistência. Os juízes não observaram o princípio de votar pela absolvição do réu em caso de dúvida. Eles ficaram em dúvida e mesmo assim resolveram punir a gente", reclama.
O presidente do Coxim ainda afirmou que os juízes demonstraram "profundo desconhecimento" na análise do processo e na punição dos atletas Enismar de Oliveira Pio, Rosenildo Silva e Márcio Machado: "Eles não sabem os procedimentos de como é feita a documentação de uma partida. Tivemos três jogadores punidos por uma coisa que não é responsabilidade deles. Como uma pessoa pode fazer parte do Tribunal e julgar um time se não conhece como funcionam as coisas?", questiona.
O Coxim foi punido por ter escalado irregularmente o jogador Enismar de Oliveira Pio (que teria usado o nome de Rosenildo Marques da Silva) no dia 20 de maio, diante do UMJ EC, de Bonito. Mas o cartola garante que o clube não desrespeitou o regulamento: "O que aconteceu foi um equívoco do mesário. Foi um erro administrativo que acabou prejudicando a gente".
Por conta do recurso do Coxim, o Campeonato Estadual corre o risco de parar. A primeira rodada da semifinal está marcada para domingo, mas a Federação poderá ser obrigada a adiar os jogos até que se tenha uma decisão final do caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)